quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

O mundo vai acabar...e ela só quer dançar.

Pois bem... O mundo iria acabar no dia 21 de dezembro de 2012, sexta-feira. Nada aconteceu.

A única coisa foi no dia seguinte (22)... Do meio para o fim da tarde... Raios e trovões!!!!! Fortíssimos! Contínuos!!!

Céu totalmente branco (cor madeira clara de móvel). Chovia...mas o espetáculo foi mesmo dos trovões com seu parceiro inseparável relâmpago.

Era diferente. Porém não passou disso. As redes sociais só comentando o fenômeno. Mas nada que assustasse ou amedrontasse. Foi apenas como falei...diferente. Poderia ter sido o "fim" do mundo, mas não foi desta vez. (Risos).

Novamente caiu por terra mais uma teoria do fim do mundo que o ser humano vive tentando impor a todos nós.

E precisa ser deixado claro que não foram os maias que disseram que seria o fim do mundo. Apenas escreveram que dia 21-12 seria uma mudança de ciclo. Não sei de mais detalhes. Mas "fim do mundo"?? De forma alguma.

Tanto é que estou aqui postando neste dia 26-12-12 às 22 horas e 45 minutos de uma quentíssima quarta-feira. (Risos).

Por fim, encerro com uma música do Capital Inicial chamada "Natasha", cujo trecho da letra dela leva o nome titular deste post.

Saudações blogueiras.

video

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Insônia, corpo, querer entender, devaneios e sono.

Pois é....insônia. Eu não tenho esse problema, mas incrivelmente ela se manifesta sempre de domingo para segunda.  Não fico com sono e só pego quando são 2 ou 3 da manhã (indo dormir 23h40min/ 00 h).

Há anos acontece isso comigo. Dizem ser ansiedade. Mas me pergunto: ansiedade? De quê? Em quê? Por quê? E pra quê?

A meu ver, não há motivo algum que constitua suficientemente meu corpo metabolizar-se dessa forma. Não tomo café, não bebo refrigerante de guaraná e nem sou de comer à noite.

A consequencia disso é ficar com sono no trabalho. E para resolver isso, tomo um suplemento de cafeína em cápsula ou de guaraná para eliminá-lo (sono).

Esse suplemento é destinado a atletas. Não sou atleta e não pratico nenhum esporte, salvo uma caminhada um dia ali ou aqui.

Procuro evitar ao máximo tomá-lo justamente para não me viciar, tomando-o diariamente. Se consumo-o hoje, a próxima será daqui a muito tempo (como em um mês, por exemplo).

Parece que curiosamente o meu corpo é uma caixinha de surpresas. É um exercício eterno de autoconhecimento. Por quê? Porque algumas vezes eu tentei dormir por mais horas que o convencional e deu certo. E descobri que 8 horas de sono são insuficientes para ter um sono saudável. Mas ao mesmo tempo descobri também que dormir 5 horas ou até 1 hora a menos dessas cinco o meu corpo fica "satisfeito" e não fico com sono durante o dia.

Aí me questiono de novo: caramba...ou eu durmo 9-10 horas ou 4 horas e meia para ter uma boa qualidade de vida no cotidiano. Como que fica? Não é sempre que dá para fazer isso com plena eficiência todo dia. Muitas vezes acontecem diversas circunstâncias na nossa vida que impedem de queremos controlar as horas ou flexibilizar horários para adaptar ao "fresquinho" do corpo. (Risos). É fogo, viu!!

Hoje, quarta-feira, 05 de dezembro de 2012 acordei de mau-humor, cheguei atrasado ao serviço por estar com sono (não dormi bem) e ainda levo bronca. Tive que vir de táxi para não chegar mais atrasado ainda no serviço. Saco!

Por que nessas horas dá-me vontade de ser rico, hein? (Risos). Bons tempos da infância em que minha preocupação era apenas brincar, brincar e brincar. Bobas são as crianças que querem crescer logo. Devaneando: eh, terra do Nunca...Peter Pan.

Oooooooops!!!!!!!!!!  Márcio-Marcinho, Márcio- Marcinho...vamos, vamos!!!!!!!!!! Volte à realidade. Nem sequer joga na lotérica (Loto fácil, Lotomania, Quina ou Mega sena) para obter algum êxito do que sonha. Desça dessa "escada imaginária" que fica no mundo dos fantasistas e volte seus pés ao chão. Isso, muito bem...assim...Isso. Márcio Gonçalves dos Santos está escrevendo um blog e postando http://www.marcioconta.blogspot.com.br. É isso. Estamos falando de insônia e sobre a frescura do corpo sobre o descanso. Pronto. (Risos).

Encerro este artigo ainda tentando desvendar os mistérios do meu "eu", mesmo. Apesar disso (esse problema de faltar sono), sou feliz, graças a Deus.

Saudações blogueiras do Marcinho aqui. Um abraço.

domingo, 25 de novembro de 2012

Grande imunologista Michel Nussenzweig.

Saudações blogueiras.

Hoje eu pude ler um artigo da internet que me chamou muita a atenção. O título desta postagem já diz tido: Michel Nussenzweig.

Michel Nussenzweig é imunologista e brasileiro. Ele conseguiu desenvolver uma vacina experimental contra o vírus da Aids.

A informação foi divulgada via Nature (uma das revistas científicas mais antigas cuja primeira edição foi em 04/11/1869).

Nussensweig e sua equipe de cientistas conseguiram combinar cinco anticorpos em ratos, que foi testada em ratos de laboratório. Claro, não descreverei detalhes técnicos, mas do que já escrevi é bem entendível a respeito.

Apesar dos resultados promissores de Nussenzweig, ainda serão necessários testes clínicos que permitam avaliar a eficácia do tratamento em humanos e medir os efeitos sobre a infecção em longo prazo. 
  
Estar no caminho certo e ser confiante é muito bom. A cura desse mal seria maravilhosa. Torçamos para que se finde essa incansável esperança da qual a humanidade tão almeja e anela: a cura da AIDS.

Parabéns, grande imunologista Michel Nussenzweig.

domingo, 11 de novembro de 2012

A eterna simpatia de Barry White com Lisa Stansfield.

Barrence Eugene Carter. Nome artístico: Barry White.

Lisa Stanfield é Lisa Stansfield mesmo, cantora inglesa.

Há anos conheço um vídeo musical que nunca canso de ver e ouvir. O nome da música desse vídeo chama-se  "All Around the World."

Sempre me divirto, sorrio e rio ao assistir o vídeo porque simplesmente me encanta. Duas belas vozes: uma grave, bonita e forte (Barry White) e outra, aguda, afinada e bela (Lisa Stansfiel).

O que mais me chama atenção é a naturalíssíma simpatia de Barry tanto na gravação da música com Lisa quanto na gravação do vídeo-clipe. É lindo de se ver.

Quem assiste ao vídeo - nem que seja por algum momento - sorri. É bom contemplar coisas boas aos nossos olhos. É bom assistir coisas que fazem bem. Música e imagem.

Essa pura simpatia dele e a perfeitíssima química entre Lisa e Barry perpetuou-se. Quem os curte sempre lembrará da música e do clipe. Mágico.




Abaixo o vídeo. Caso não seja possível pelo, escreva no Youtube: 
Barry White e Lisa Stansfield  All Around The World

http://www.youtube.com/watch?v=VaMDwSq2WDg

video

Saudações blogueiras.




quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Adeus, Jornal da Tarde ou simplesmente JT.

Adeus, Jornal da Tarde ou simplesmente JT.

Eis que hoje finda-se um jornal impresso em decorrência de quedas nas vendas e por causa de novas mídias que se mexem e se inovam mais a mais.

Início: 04/01/1966
Fim:    31/10/2012

Quarenta e seis anos de existência.

Diferentemente do JT que deixa de existir, o Jornal do Brasil (JB) deixou de ser impresso e passou a ser 100% digital em meados de 2010. Agora é isso que acontece com o Jornal da Tarde: extinção total.

Qual será o futuro do jornal impresso? Fica a questão.




Saudações blogueiras.

Márcio Gonçalves dos Santos.

31-10-2012.

sábado, 20 de outubro de 2012

Aposta.

Muitas vezes vivenciamos situações no dia a dia que nos fazem pensar, refletir, meditar...E me aconteceu um fato curioso:

No trabalho eu fiz uma brincadeira a um colega de trabalho dizendo que queria ver o time dele (a Portuguesa) ser campeã brasileira do campeonato. Na verdade não foi uma brincadeira. Foi uma verdade. Queria mesmo. Maaaaaaaaassss, ele não pensou assim...(Risos). Acreditou que eu estava fazendo uma pilhéria do time dele e me indagou: - E o seu time, vai ser campeão brasileiro este ano?

Eu disse que sim. Aí ele me lançou uma aposta: se o meu time (São Paulo Futebol Clube) ganhar o campeonato deste ano de 2012 eu ganharia mil reais dele. Caso contrário, teria de pagar os mil reais a ele.

Ele estava firme em seu propósito. Estendeu a mão para que selássemos a aposta. Perguntei quando terminaria o campeonato (para saber quando desembolsaria o valor, caso perdesse). Então ele disse que aposta é aposta. E aceitei.

Mas minutos depois tudo foi desfeito. Por quê? Porque ele e outros colegas perceberam que eu estava entrando numa furada. Não furada de calote por parte do que me desafiou e sim pela inconsistência da essência do êxito da aposta. Bonito, né? (Risos). Vou explicar.

O que quero dizer é que a pontuação do São Paulo perante o líder Fluminense está muuuuuuuito aquém de ser alcançada. Ou seja, mesmo o SPFC permanecendo até o fim da rodada entre o G4, fica bastante difícil conseguir ser o campeão do Brasileirão de 2012. É mil vezes mais fácil ele conseguir uma vaga para a Libertadores do que ser o vitorioso.

Diante dos fatos e dos números, cheguei à conclusão de que a aposta estava marcada para meu fracasso e sucesso ao apostador concorrente.

Literalmente apostei de gaiato. Fui sem eira nem beira. Fiz por fazer. Foi puramente um: vamos? Sim, vamos. Male-male sei quem é o elenco inteiro do meu time e neste preciso minuto não sei o nome do técnico do SPFC. Pode??? E apostar por apostar só por saber que o São Paulo está no grupo dos quatro. Inocência pura. (Risos).

O que penso a respeito disso é que eu sou uma pessoa muito tranquila. Sinceramente não sei bater de frente com as pessoas. O que é bater de frente? É peitar,desafiar, discordar, enfrentar algo ou alguém em defesa das suas próprias convicções perante tais conjunturas de modo ríspido. Não tenho cacife para isso. E não tenho porque não é da minha índole brigar, discutir ou impor minhas vontades e fazer prevalecê-las rigorosamente a ponto das pessoas terem de me enfrentar e "bater de frente" comigo e eu com elas.

Pessoas que sabem fazer isso têm vitórias muitíssimas vezes. Quem é fraco nesse aspecto, dá-se muito mal.

Não adianta enfrentar se você não tem respaldo, segurança ou suporte que o faça suportar as consequências dos atos das coisas defronte. Se não existe, você se machuca e feio.

Sou uma pessoa que não sabe lidar com certas coisas, momentos, situações diversas que naquele instante fico sem reação, não sei o que dizer ou o que fazer...E numa coisa que sou muito bom (isso eu afirmo esbanjando mesmo) é na escrita. Quer me ver discutindo, dando opinião direta, objetiva e rápida é por meio das palavras escritas. Não sei o motivo por ser assim. É o que acontece. Preciso mudar isso? Claro que sim.

Até pensava que ler bastante e escrever fosse fazer com que a atitude verbal amadurecesse progressivamente. Me auto-analisando, considero inexpressiva alguma melhora comportamental nesse sentido. Vamos vivendo até onde é possível e permitido por Deus.

Saudações blogueiras e sempre pensamento de melhorar sempre em tudo na vida. Abraços.

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Desabafo.

Olha, vou deixar isso registrado aqui nesta data (18-10-12) a respeito de uma ocorrência que aconteceu dia 17-10-12 comigo.

Uma coisa que acredito ser incrível é a capacidade que o ser humano tem de tentar ludibriar as pessoas em prol de vantagem. Gente que só quer se justificar e se achar na razão constantemente.

Eu tenho diversas fotos de quando eu era bebê. Época que nem se ouvia falar de câmera digital (início dos anos 1980). Elas estavam guardadas no guarda-roupa que é ocupado por minha mãe e minha irmã no quarto delas.

Há algumas semanas atrás, como estava recebendo um guarda-roupa novo, melhor e recém comprado no Magazine Luíza (olha a propaganda! Risos!) resolvi fazer uma limpeza (arrumação) de coisas pessoais minhas. E tive a feliz (ou infeliz) ideia de pegar esse pequenino álbum de fotos do guarda-roupas para ficar comigo.

Até então, tudo bem. Normal. O problema seria o rebuliço que isso causaria dias depois. Minha irmã alegou que nesse álbum havia fotos delas e que queria ter com elas. Bastasse isso e tudo ocorreria perfeitamente bem se não fosse a atitude possessiva sobre coisas materiais.

Simplesmente ela (minha irmã) disse que as fotos pertencem a ela porque foram tiradas da máquina dela. Diante disso, por mais que hajam fotos só minhas ela considerou que mexi nas coisas delas sem "autorização prévia". Tenho 31 anos de idade!! E ouço um absurdo grotesco desse como argumentação depois de justamente 31 anos depois...Não poder ter minhas fotos de criança comigo pela razão das fotos serem da máquina dessa "irmã".

Eu e ela sempre fomos incompatíveis. Nunca nos demos bem. (Irei comentar doravante em posts sobre minha vida pessoal familiar tanto boas quanto não boas. Acredito ser importante. É bom desabafar, escrever, expor o que sente como faço aqui agora.) Essa discussão foi mais o cúmulo dos cúmulos.

O fato dela querer por querer as fotos posso comparar da seguinte forma: é a mesma coisa de eu exigir que ela me entregue a geladeira dela, o secador ou a TV dela que ela tem e usa pelo fato de eu pagar a conta de luz e exigir algum direito sobre as coisas dela. Ou seja, as suas coisas que ela usa precisa da energia elétrica. Com isso, me daria do direito de tê-los como posse minha só porque sou eu quem pago a energia elétrica. Não é absurdo?

Nesse dia 17, após muitas discussões (com minha mãe no meio apaziguando) resolvemos dividir as fotos. Parte ficaria com ela e comigo. O restante (que ficou com ela) pedi para que eu tirasse cópia. Agora ela quer que eu entregue todas as fotos que ficaram comigo para tirar cópia de todas elas. Ela ficaria com as originais. Olha a grana a ser gasta. De forma alguma!

A conclusão que chego é como é o ser humano com coisas pequenas. Pessoas dessa laia eu tenho que ignorar e abolir da minha vida, mesmo sendo minha irmã, infelizmente. As coisas são muito mais complexas do que se pode imaginar. Não tolero gente que é tropeço, gente que é oposição da nossa felicidade plena. Quero ter uma vida de plenitude!!!

Talvez algumas coisas não fiquem tão claras neste post porque resumi bastante os fatos. Não estou querendo estar na razão e condenar pessoas. É mais um desabafo.

Depois de muitas e muitas postagens que creio eu acontecerão, a não compreensão e o pouco entendimento dessa publicação hoje tornar-se-ão mais claras no futuro.

Saudações blogueiras.

São Paulo, 18 de outubro de 2012, 23:59.

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Aprendi a sorrir, porque chorar eu já nasci sabendo.

Sim, isso é fato: quando nascemos imediatamente já aprendemos a chorar

Depois, aprendemos a praticar o sorriso provocado por mimos, alegrias e várias coisas boas no decorrer do percurso da vida.

Ver um sorrido é muito melhor que mirar a seriedade de um semblante.

Claro, cada ocasião determina uma postura adequada para uma ação e reação. Mas independente disso, sentir-se bem (mesmo estando sério) é bem mais legal.

Sorrir com vontade e não como imposição, pois a simpatia é natural. Nada forçado. Não vale a pena. Ser natural é o que há. Fica a dica.

Saudações blogueiras!!!!!!

Márcio Gonçalves dos Santos. 

sábado, 13 de outubro de 2012

Falibilidade dos projetos das pessoas.

Hoje eu soube da morte do diretor dos Trapalhões e do programa "O povo na TV" Wilton Franco que morreu na manhã deste 13-10-12, vítima de uma parada cardíaca.

No dia 29 de setembro tinha sido a Hebe Camargo.
                                 Foto tirada em 1970.

Há um versículo bíblico que diz assim: "Digo-vos que não sabeis o que acontecerá amanhã. Porque, que é a vossa vida? É um vapor que aparece por um pouco, e depois se desvanece." Tiago 4:14

Realmente. Independentemente de quem creia ou deixe de crer na bíblia, o que ela disse a respeito da vida nesse trecho é fato.

Nós podemos planejar qualquer coisa para daqui a pouco, para amanhã, daqui a uma semana, daqui a um mês ou no ano que vem. Se vai acontecer é outra história. Existem muitos fatores que podem desencaminhar  projetos. Desde uma simples falta de vontade a consequencias como uma doença e morte.

A falibilidade dos projetos humanas é algo que não dá para controlar. Por isso que sempre devemos estar confiantes em Deus para que as coisas ocorram bem sempre.

Há pessoas que podemos afirmar que a morte não combina com elas. Dentre elas, está Hebe Camargo. Até agora fico pensando como isso pôde acontecer com ela? Quão bão seria sua cura e estar apresentando seu programa novamente.

Dizem que se ela não tivesse tido esse câncer raro no peritônio (membrana que reveste órgãos como estômago e fígado), ela viveria até os 100 anos ou mais.

Pois é. Podemos afirmar isso como um projeto: "viveria até os 100 anos ou mais". Um projeto que falhou.

Então, chego na seguinte conclusão que devemos levar a vida feliz. Comamos, bebamos e nos alegremos tudo na medida do possível. E assim segue a vida. Abraços.

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

Meu blog diz: "Abandonado por você!"

Blog:- Abandonado por você, Márcio Gonçalves!!
Márcio:-Não, não, nunca te abandonei. Você não é Corinthians, mas nunca vou te abandonar, ó, blog querido e amado!!
Blog:- Abandonado por você!! Eu vejo o vento te levar !!!! Mas todo dia te espero aqui!!

Márcio:-Blog, blog...Ó, blog-blog.!! Não é verdade. O trabalho, o cansaço e demais coisas sempre me impedem de me dedicar com veemência a você. Prometo que irei me esforçar. Há tanta coisa para se postar aqui que você não faz nem ideia!!

Blog:- Mentira sua!! Isso já aconteceu outras vezes. Agora é só mais uma. Não acredito em você!!!! Só fica naquele facebook quando chega em casa e nem se lembra de mim...

Márcio:- Blog...façamos o seguinte: voltarei a escrevê-lo agora. Pode ser? Só mais uma chance, por favor!!

Blog:- Está bem. Aceito você de novo. Mas agora tem uma condição: Se voltar a me escrever e depois ficar meses sem postar-me e nem sequer ler as postagens em mim escritas, exigirei que me delete radicalmente de sua vida. Combinado? Sem choro e nem vela!! Estamos entendidos?

Márcio:- Tem razão. Blog como sempre sábio. Acato sua condição. Se eu ficar outra vez sem mexer em você, será deletado.
Blog:- Amém.

É, essa foi a conversa que tive com meu querido blog...

Brincadeiras à parte, o negócio é sério. É um ultimato que dou a mim mesmo: se eu ficar novamente por meses sem postar nada inédito, deletarei este blog. Melhor assim do que ficar com ele sem usar, não é mesmo?

Essa foi uma forma de dar a retomada a ele com bom humor. Não queria voltar a postar algo novo como se eu tivesse postado a última postagem semana passada. Não. Preferi recomeçar dessa forma para as coisas serem transparentes e corretas.

Abaixo, a letra que me inspirou para esse tema. E mais abaixo o link do vídeo de Leandro e Leonardo cantando a música "Abandonado".

Obs.: Seria "Abandonada", interpretada por Fáfá de Belém. Mas como o blog é substantivo masculino não teria lógica postar a letra e ela cantando como feminino.

Saudações blogueiras e eternas!!
Abandonado
(Michael Sullivan e Paulo Massadas)
Abandonado por você
Tenho tentado te esquecer
No fim da tarde uma paixão
No fim da noite uma ilusão
No fim de tudo a solidão
Apaixonado por você
Tenho tentado não sofrer
Lendo antigas poesias
Rindo em novas companhias
E chorando por você
Mas você não vem
Nem leva com você
Toda essa saudade
Nem sei mais de mim
Onde vou assim
Fugindo da verdade
Abandonado por você
Apaixonado por você
Sem outro porto ou outro cais
Sobrevivendo aos temporais
Essa paixão ainda me guia
Abandonado por você
Apaixonado por você
Eu vejo o vento te levar
Mas tenho estrelas pra sonhar
E ainda te espero todo o dia

http://www.youtube.com/watch?v=8gvvo1wI8RQ

quinta-feira, 8 de março de 2012

Recordando Mariah Carey embriagada: isso é atitude!

Recordar é viver...E quão bom poder rever um vídeo bacanérrimo visto por mim há dois anos em meados de janeiro de 2010. O vídeo mostrava a cantora pop Mariah Carey embriagada no palco do Festival Internacional de Cinema de Palm Springs, na Califórnia, para receber naquela noite um prêmio de Atriz Revelação por sua atuação no filme "Precious".

A descontração levou a mim e ao público altas risadas. Hilário!! Sempre me divirto assistindo este vídeo. Espontaneidade foi a chave do negócio nessa situação. Apesar de alterada devido ao álcool, para mim, Mariah foi show de bola! Ma-ra-vi-lho-so. Separe as sílabas!! (Risos).

Confessar que estava bêbada foi uma atitude corajosa e super descontraída. Não poupou discrição e foi fundo. Gostei mesmo. Gosto de gente com atitude, apesar da embriaguez ter contribuído significativamente.

"Oh, meu Deus. Tenho que dizer que isso é.... E por favor, me perdoem, que estou um pouco...", disse Mariah, e alguém do público completava e gritava "bêbada" e ela disse "sim". A plateia amou e curtiu bastante. E eu também, claro. Talvez se fosse ao vivo eu vendo da plateia cara a cara seria mais hilário do que no vídeo.

video


E pouco tempo depois ela (sóbria) explicou de estar bêbada naquele momento da festividade da premiação.

video


Um abraço e curtam os vídeos!!!

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

E assim caminha o nosso planeta...

"Um crime bárbaro chocou os moradores de Brasília, neste fim de semana. Um grupo de jovens ateou fogo em dois moradores de rua. Um horror, que faz com que lembremos de outro, ocorrido há exatamente 15 anos, quando adolescentes de classe média alta de Brasília botaram fogo e mataram o índio Galdino. Agora, foi em Santa Maria, cidade a 35 quilômetros de Brasília.


Foi na noite de sábado (25). Testemunhas disseram que os jovens incendiaram o sofá que estava perto dos moradores de rua e foram embora. Pouco depois, três deles retornaram e botaram fogo nos mendigos. Os dois foram levados para o hospital e um dos mendigos morreu." Fonte: g1.globo.com

Opinião do Blog: 

A notícia por si só já diz tudo. Plausível a reportagem ter mencionado, relembrando a ocorrência com o índio Galdino, morto por adolescentes no ano de 1997.

O que faz pensar e o que faz agir esses jovens a ponto de incendiarem seres humanos? Será que a classe social dessa juventude não condizente à miséria de pessoas que moram nas ruas cauteriza o amor ao próximo, os bons sentimentos, a bondade por si só, a piedade e a compreensão a ponto de querer tacar fogo para matar? Pessoas como eles que incendiaram outras pessoas têm o que na cabeça? A esses jovens o que lhes foi ensinado sobre o conceito da posição social em que se encontram? Superioridade? Inferioridade?

Ficam as perguntas. O fato comportamental absurdo por si só encerra este post.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Mundo mal virtualmente.

Acabei de ler uma notícia lamentável na internet: Jovem é suspeito de matar irmão e divulgar crime em rede social.

Esse jovem matou seu próprio irmão com golpes de canivete. Depois, detalhou o crime na sua página de rede social Facebook. Nome do assassinado: Eleandro Arruda. O nome do jovem assassino não foi divulgado.

As pessoas que denunciaram esse rapaz à polícia disseram que ficaram chocadas pela forma descrita do crime do jovem de 18 anos. Amigos e parentes da vítima assassinada tentaram justamente procurá-la, por a princípio, acharem que se tratava de uma brincadeira e que Eleandro estivesse vivo para desmentir a suposta "brincadeira" de seu irmão. Como não conseguiram localizá-lo, acionaram a polícia. Esse crime aconteceu na zona leste na madrugada de sábado, dia 18. A causa desse crime terrível ainda está sendo investigada.

Que lamentável!! O mundo literalmente jaz no mal e isso é até bíblico. E uma coisa que não está descrita na bíblia (pelo menos até onde eu sei) mas que é fato absoluto: o diabo ajuda a fazer, mas não ajuda a esconder. Literalmente.

O que se passa numa cabeça de um jovem como esse a ponto de descrever minuciosamente o próprio crime na internet?

Tudo nesta vida pode ser apreciado por todas as pessoas. Mas que será que são proveitosas, absolutamente? Com certeza não. A internet deve ser usada de modo saudável, divertido. Não para coisas bárbaras como essa. Repugnante. Abominável!!!

Veja que a inclusão digital é positiva. Mas chegando a esse ponto, é muito triste. O mundo também é mal virtualmente. Uma pessoa é assassinada e (muito provavelmente o jovem que matou deve ter problemas psicológicos) divulga o mal que fez em rede social de computador. Duas situações horríveis: a morte trágica de Eleandro e a revelação escrita do fato consumado trágico num site social. Medonho. Inaceitável.

Independente do motivo que o rapaz tenha tido, esperamos que justiça seja feita. É isso que tenho a dizer.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

É sempre lindo andar na cidade de São Paulo...



Amo São Paulo. Que cidade legal!!

No dia 25 de janeiro de 2012 São Paulo completou 458 anos,  fundada no ano de1554 pelos jesuítas.

Tenho orgulho de ter nascido aqui. Tenho orgulho de pertencer à zona norte.

Se um dia sair daqui, espero que seja para melhor, seja no âmbito da ascendência profissional ou pessoal.

Aqui neste blog faço a minha singela homenagem.

Claro, é uma cidade com muitos problemas? Sim, inúmeros, como toda grande cidade tem.

Mas mediante isso, ela não faz ser um lugar não bom de se viver. Pelo pelo contrário. Basta termos fé em Deus que as coisas se resolvem.

Algo bem sensato pude perceber na internet é a seguinte frase: "Dar os parabéns não demonstra seu amor por São Paulo. Jogar lixo no lixo, sim."

Fato mais que absoluto. Não adianta nada também elogiar e prestar homenagem aqui e não cuidar da cidade em que vive. Cada um deve fazer a sua parte, por menor que ela possa fazer. Alguma diferença doravante benéfica irá acontecer, sem sombra de dúvida.

Estou dando os parabéns aqui porque eu jogo lixo no lixo, ligo para a CET quando um semáforo está apagado ou no 156 quando há problemas diversos pela cidade afora. Assim faço jus à homenagem.

Non dvcor dvco - Não sou conduzido, conduzo.



Non dvcor dvco - Não sou conduzido, conduzo.


E para finalizar, nada como este clássico.
video

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Confraternização com a família.

Estreando o blog mensal  neste ano de 2012, escolhi o tema de confraternização.

Dia 25 de dezembro de 2011 passei  o Natal com a família. E lá estavam alguns primos meus, minha mãe, tias e demais pessoas como filhos, sobrinhos, maridos e esposas.

Tudo foi muito bonito e aconchegante.

Há temos não havíamos tido essa reunião tão boa como foi. Iniciamos esse atitude em 2010, repetindo-se em  2011.

Espero poder compartilhar mais uma vez em 2012, 2013, 2014 e assim sucessivamente. Isso não pode parar. A união faz bem à alma. A união faz bem ao coração.


Nesta foto estão (da esquerda para direita) minha mãe, eu, minha tia, a esposa do meu primo e minha tia.

Demais fotos encontram-se disponíveis no https://www.facebook.com/marcio.goncalves.santos

No ano passado houve mais pessoas presentes. Este ano diminuiu, mas o desfrute de estar naquele momento foi, deveras, prazeroso.

E assim desejo à minha vida, aos meus amigos pessoais, aos amigos de redes sociais, aos meus colegas e chefes do trabalho, vizinhos e à minha família tudo o que Deus possa proporcionar de bom.

Como diria o Marcelo D2, o bem sempre vence. E que assim seja.

Abraços, queridos leitores do meu blog.