quinta-feira, 31 de março de 2016

O que será falado?

O que acha que vou falar do resuminho de março? 

KKKKKKKKKK 😂

Puts grilas.

Chocado com uma notícia que eu soube agora. Puts grilas. Área: se dissolvendo. Puts grilas de novo.

Exótica das artes.

Essa é a música que está na minha cabeça de manhã: "Exótica das artes", de Daniela Mercury.

Texto de minha prima Natalya.

Leia só este texto publicado por minha prima: em seu facebook:

"Deus não quer que você viva preocupado e ansioso com as coisas desta terra, pois Ele sabe que a preocupação rouba a sua paz, alegria e afeta cada área de sua vida, até mesmo o seu sono!

Você sabia que a preocupação pode até te deixar doente? Isso mesmo. A sua mente pode afetar o seu físico e ainda fazer com que você perca os momentos preciosos da vida que nunca voltarão novamente.

Mas a boa notícia é que Deus prometeu te dar a vitória sobre tudo o que te deixa aflito. Quando você ora e confia que o Senhor está cuidando de tudo, seu coração se enche de uma paz sobrenatural.

Então decida hoje mesmo não focar nas notícias ruins que você assiste na TV ou lê na internet. É claro que devemos nos manter informados, mas devemos saber muito mais do que Deus pode fazer para mudar as situações! Decida alimentar sua fé com a Palavra de Deus e encher sua mente com as promessas dEle. Declare todos os dias: "Eu não estou em crise. Eu estou em Cristo e sei que o meu Deus suprirá todas as minhas necessidades. Ele sempre tem uma saída quando não há mais o que fazer!"

Fazendo isso, você encherá seu coração com fé e esperança e nenhum obstáculo poderá atrapalhar os planos de Deus para a sua vida."

Natalya Viana da Penha 

Realidade e imaginação.

KKKKKKKKKK 😂 😂 😂 🙊

Olha que curioso...

Na despedida dos meninos aprendizes da empresa um colega me zuou dizendo o seguinte "Eh, Márcio...Não tem um aprendiz que permanece com você. Cê é muito ruim".

Ele (Silvio Sattin) me caçoou, mas disse a mais absoluta verdade. Isso é fato. Pessoas ou coisas que tenho muito apego tendem a não ficar contíguas a mim por muito tempo. Isso já aconteceu com objetos,  por exemplo. Gostava de um guarda chuva,  ele quebrou.  Gostava muito de um par de meia, o par rasgou. Com camisa e também com o aparelho de som que toca discos, também. Até tem um post a respeito do som. E com pessoas, não é diferente.

Antigamente quando comecei lá em meados de 1998 a ouvir rádio Mundial FM 95.7, escutava coisas do tipo que "a vida te trata como você se trata", que "tudo é reflexo de si mesmo", que "você cria aquilo que pensa" e por aí vai... Muitos locutores dessa rádio eu ouvia como Gasparetto,  Val Capelle,  Albino Duarte, Roberto Luz, Meg Luz, Marta Braga e etc. Uma rádio esotérica. Num futuro post explicarei mais detalhadamente o  motivo por eu ter começado a ouvir essa rádio,  vindo eu de berço evangélico naquela época.

Pois bem. Desses ensinamentos já descritos desses espiritualistas cheguei a adotar como forma de vida minha. Até ensinava a algumas pessoas. Um dia  cheguei a conclusão de que "você cria aquilo que pensa" não passava de uma bobagem.

De fato, nunca percebi isso de modo concreto na minha vida. Quantas coisas que pensei e ainda penso para se tornarem realidade que nunca aconteceram. E coisas que nunca imaginei, aconteceram. Quantos anseios e desejos frustrados.

Cheguei a essa conclusão: eu NÃO crio aquilo que penso.

E adotei como uma das frases de vida: "A imaginação é minha melhor amiga,  mas ela é inimiga número 1 da realidade". Fato. Essa frase eu mesmo que criei.

Ah, como eu queria ter uma fé "removedora" de montanhas LITERAIS. Poder da mente,  realizar coisas,  tudo ficando favorável,  realizável. Ter amigos ideais, pessoas ideais, acontecimentos ideais, momentos ideais... Ah, quão bom seria... Não é pecado desejar ser senhor do próprio destino. Mas se eu conhecesse metade do poder das realizações (ou se eu soubesse fazer direito isso - sei lá) os meninos estariam efetivados , por exemplo. Iria provocar tanta transformação na minha vida...

É muito ruim viver a mercê das circunstâncias. Não gosto. Acontecem os fatos e você muitas vezes nada pode fazer para que o fato pare de acontecer  (se ele for ruim por exemplo).

Por isso que a necessidade de ser realizador pleno das coisas é um anseio dentro de mim que pendura há alguns anos. Quando acontecem coisas desagradáveis eu logo penso nessa possibilidade de como poderia ser diferente.

Quer um exemplo?  Dou vários.

De repente eu tenho um filho que tem  personalidade forte desde criança. Imperativo, afrontoso, rebelde. Aí te pergunto... qual a necessidade de eu ter um filho assim? Eu não quero ter um filho desse jeito. Não estou para lidar com gente de personalidade forte. Não me dou. A tendência é me afastar. E eu não vou querer isso. Está entendendo o que quero dizer?  Isso foi só um exemplo. Quero atrair pessoas legais, que não deem trabalho. Quero filhos obedientes que não me tragam problemas.

Assim seria com tudo na vida.

Pode estar perguntando: quer uma vida totalmente bela, sem problemas algum, perfeita e tudo um mar de rosas? Não necessariamente. Porém, quando surgirem problemas,  que eu soubesse eliminá - los o quanto antes.

Puxa vida, quantas coisas eu sonho, desejo... Todos podem dizer...mas você pode. Até posso, mas não como eu imaginava de modo preciso.

Tem esse problema também. As coisas se realizam mas não da forma precisa como eu sentia e pensava. Por exemplo. Eu quero aprender a tocar saxofone. Leu direitinho? Aprender a tocar SAXOFONE. Ponto. Muito bem. Aí você descobre que existem SEIS tipos de saxofone: sax alto, soprano, baixo, tenor e etc. O que eu escrevi?  Que quero aprender a tocar saxofone, simplesmente. Aí você escolhe por exemplo um sax alto. Compra (e saxofones são caros) e percebe que o alto não lhe agradou e que na verdade seria um sax tenor que foi o mais legal. Pronto. O desejo, o pensamento,  a idealização de ter e tocar um saxofone aconteceu. Porém por desconhecer esses detalhes do instrumento musical,  torna - se frustrante. Realizei, mas não me satisfez como eu imaginei.

Voltando aos meninos aprendizes. Eu não sou o dono da empresa. A empresa não está contratando. Como poderia realizar a efetivação deles? Teria que ter mecanismos espirituais,  cerebrais,  mentalizações e etc que pudessem fazer com que isso acontecesse? Ter o PODER DE MUDAR A REALIDADE. A empresa não vai contratar ninguém. Mas com táticas mentais (sei lá como seria feito todos esses mecanismos) eu alteraria a realidade negativa para uma realidade positiva.

Entende? É isso que eu queria na vida. Ter apego às coisas e elas não saírem,  quebrarem. Pessoas ou coisas desagradáveis teriam que ir embora logo.

Enfim... É isso. Ah, imaginação....Quando será amiga da realidade? E você,  realidade, quando será amiga da imaginação?

Uma coisa que já disse a mim mesmo: não quero descobrir o segredo da plenitude com idade avançada. O momento é agora. Precisa ser agora.

Preciso realizar. Viver uma vida ao deus-dará é péssimo. 

quarta-feira, 30 de março de 2016

Só queria entender.

Só queria entender essas frases...



Fim de um ciclo e o momento.

Hoje no meu trabalho acabou o contrato de dois aprendizes do meu setor após 1 ano e 4 meses de ótima convivência.

Triste pela partida deles.

E as músicas que refletem o meu momento neste momento são: " Time after the time", de Cindy Lauper e "Separação", do Katinguelê.

Mas um fim de um ciclo. Os primeiros aprendizes que convivi foram Ian Peter Fuser Windmer e Felipe Silva Pereira de 2006. E não parou mais até chegar agora (2016) no Luiz Gustavo Tavares da Cruz e Márcio de Oliveira Garcia.

Ai,  ai... essa dor no peito é meio angustiante e incômoda.

Nada a ser planejado a longo prazo. Só a curto e olhe lá. Entenda quem puder entender.

Nessas horas dá vontade de ser senhor do próprio destino. Poder realizar e provocar tudo com um simples poder mental ou verbal. Ah, livros de auto ajuda... suas eficiências ainda me são ineficientes....

Livro: "O poder do subconsciente", de Joseph Murphy. Eu o li pela primeira vez em 1997. E até hoje sua aplicabilidade pouco e quase nada funcionou. Não sei do que erro. Algumas possibilidades. Talvez o imediatismo para acontecer as coisas logo.

Ah, como tudo poderia ser melhor do jeito como queremos e sermos. O poder da realização manifesta.

Assim, tudo aconteceria de modo espetacular. Tudo caminhando da maneira como a gente quisesse. A PLENITUDE.

Se isso acontecesse,  os meninos estariam mais do que efetivados.

Mas enfim.

Amanhã ainda é quinta feira. Área mais vazia...

É sexta feira também. Mais gente saindo do setor e indo para outras áreas da empresa.

terça-feira, 29 de março de 2016

Bendito resuminho.

Bendito o dia em que criei essa bendita série chamada de Resuminho.

KKKKKKKKK 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 😂 🙊.

segunda-feira, 28 de março de 2016

Vai entender...

Engraçado...quando venho para casa penso em tanta coisa para escrever aqui e quando tenho a oportunidade, nada vem ou aquilo passa a ser desimportante. Claro, fica desimportante agora. Mas lá fora, amanhã ou depois as ideias de assuntos voltam.

Vai entender...

Status.

Status: pagando pecados.

Resuminho - Filantrópico (parte XI).

video

O resumo do dia 21/03 a 25/03 não poderia ser de outra forma a sintetizada com essa música dos Titãs chamada "Filantrópico".

Ela resume perfeitamente o meu momento. Eis a letra abaixo:

Filantrópico (Arnaldo Antunes / Titãs)

Filantrópico
Samaritano
Generoso
Tão humano

Acumulando raiva e rancor

Altruísta
Complacente
Caridoso
Tão gente

Acumulando raiva e rancor

Amando o próximo
Dizendo a verdade
Se arrependendo
Dando a outra face

Acumulando raiva e rancor

Ps1: Só acrescentaria assim se fosse minha letra: acumulando raiva, decepção, ódio e rancor.

terça-feira, 22 de março de 2016

Sério.

Incrível como nesses últimos meses a vida tem me deixado mais sério. O tempo todo. Rir ou sorrir está ficando cada vez mais escasso.

Alguém me chama na rua me viro e permaneço sério. Alguém me pede licença,  estou sério. Uma indiferença tomando conta.

Não é depressão,  não.  É minha personalidade ficando séria para o mundo.

Arrumei pequena parte do quarto.

Ontem à noite comecei a limpar meu quarto. Limpei toda a janela e embaixo da cama. E reorganizei as cortinas em que uma estava do avesso.

Quem sabe assim dá uma melhorada a vida.

E também óleo ungido pego com a vizinha da igreja evangélica. Passei de manhã na minha cabeça e fui trabalhar.

Hoje eu não sei. Talvez fique só na parte do computador para limpar.

domingo, 20 de março de 2016

Domingo parado.

Que domingo mais tedioso.

Praticamente sábado e domingo nem saí a lugar algum. E olhe que tinha planos. Sábado iria numa auto escola,  iria mandar fazer imposto de renda,  cinema com amigos e  à noite igreja. Seria um sábado bem agitado. Mas tudo foi opcional fazer. E decidi nada fazer. A única coisa que fiz foi assistir aos 13 episódio do desenho Cavalo de Fogo, de Hanna-Barbera no youtube. Isso o dia inteiro.

Depois domingo foi pior. Eu podeia ter ido   ao bairro de Itaquera, tirar fotos do meu amigo Walber Menezes jogando bola e assim deixar em atividade a minha página do Marcinho Fotógrafo no facebook. Também poderia ter ido ao parque do Ibirapuera ver o Fezinho Patatty, pois ele havia marcado um encontro de fãs no portão 10.  Também não fui. O que restou foi ficar na cama o dia todo. Banheiro, cozinha e 99% no meu quarto.

Poderia ter ido à igreja,  também. Qualquer uma das que eu conheço. Nada fiz.

Claro. Tudo foi questão de escolha.  Ter ficado sem fazer nada foi absolutamente opcional. Mas lógico,  ter escolhido não fazer nada foi mais por causa da semana  ruim que tive. Preferi literalmente ficar descansando.

Deu certo?  Mais ou menos. Me senti até um pouco deprê, sem ânimo hoje. Foi dormir a tarde e estou um pouquinho melhor.  Mas ter saído não creio que teria sido a melhor solução hoje e ontem.

Vamos ver o que a segunda me reserva e o restante da semana.

sábado, 19 de março de 2016

Vou ficar em casa.

Vou ficar em casa.

Vou a este culto ou não?

Eu tenho tanta coisa para descrever ao longo de acontecimentos na minha vida que a cada momento que passa, vão se acumulando.

Hoje, por exemplo, iria ao cinema com amigos. Mas circunstâncias como a preguiça ( uma delas) me impediu de realizar tal divertimento.

Há algumas vezes semanas fui convidado a assistir a apresentação de banda de rock cristão chamada Saída Vertical (antiga Britt Hadasch). Ainda não comentei neste blog, mas tive uma desavença com um dos integrantes chamado Rogério Gomes Pereira*.

*Uma observação e parágrafo único. Aqui eu tenho a liberdade de citar nomes de qualquer amigo ou conhecido ou pessoas em geral, salvo citar pessoas do trabalho por motivos óbvios. Portanto, menciono fora da labuta quem eu quiser mencionar. As pessoas que antes e doravante forem descritas neste blog podem e devem (o momento que quiserem) ter o direito de resposta, réplica ou algo do tipo. Seja aqui, em suas redes sociais ou outra forma de comunicação. Assim como eu tenho o direito de falar de quem eu quiser, outros sem sombra de dúvida possuem o mesmo direito. Frisado este parágrafo.

Voltando ao assunto, tenho esse impasse com o Rogério pois ele havia pedido "um tempo" na nossa amizade. Esse pedir um tempo falarei a respeito em futuros posts.

E então fico naquela se vou ou não. Se eu for como o tratarei...será que com indiferença? Não sei. Também gosto muito da igreja evangélica A Verdade. Sua sede fica em Pirituba e a sua filia, em Taipas.

Como o culto começa às 19 horas, tenho que sair daqui às 18. Quando for dezoito horas terei dois posts, porém apenas um a publicar. Um será de "Estou indo" e o outro de "Vou ficar em casa". Qual deles prevalecerá?

A seguir cenas dos próximos capítulos.

Resuminho (parte X).

Puta que pariu!!!!!!

Primeira vez em mais de 5 anos de blog que escrevo palavrão. Pelo menos é o que eu me lembro. Com tanta coisa já escrita...

Êta, semaninha do caralho, pra não escrever outra coisa.

Agora eu nem sei o que posso esperar das próximas. Quê que isso, viu. Misericórdia. Afff.

Às vezes fico aqui pensando quando olhar nos próximos anos este blog... Qual conclusão tirarei a respeito?

Mas enfim... Será que estou calejado o suficiente para coisas piores ou análogas aos acontecimentos desde janeiro até aqui? Será que a leitura da bíblia que está causando tanto alvoroço?

Domingo passado fiquei quase o dia inteiro lendo a bíblia e na segunda 4 pessoas sendo demitidas. Sei lá. Uma leitura de livros sagrados não pode causar tantos acontecimentos desastrosos. Que essas coisas ruins se afastem de mim.

Bom, vâmo que vâmo. Mais uma vez desejando boa para mim, me livrando de todo perigo e de todo mal. Amém.

quinta-feira, 17 de março de 2016

Dúvida.

Os manifestantes que se encontram na Paulista disseram que só sairão de lá se Dilma for impedida ou se renunciar.

Será que estão dispostos a passar sol, frio, chuva e  calor até o final do ano...que vem?

quarta-feira, 16 de março de 2016

Manifestações contra Lula.

Manifestações contra Lula agora mesmo na avenida Paulista às 21:20 da noite.

O fogão elétrico e o fogão a lenha.

Um dia comentarei mais detalhadamente a respeito.

Um supervisor meu chamado Leandro me disse uma vez em 2002: "Márcio,  o seu fogão é elétrico e o meu, a lenha".

Para se pensar...

Os assuntos no momento no twitter. II

Lula, ministro chefe da Casa Civil. Tática de blindagem para ter privilégio nas investigações contra sua pessoa. Reação do povo virtual diante disso.

terça-feira, 15 de março de 2016

Você já sorriu hoje?

Tudo bem, tudo bem.

Até sorri,  mas é muito mais legal quando há paz interior,  tranquilidade e com vontade grande de sorrir. Apenas isso.

Desafiador.

Olhe só estas duas frases que peguei de duas pessoas no facebook  (Ricardo e Jemerson):

"Se ele pedir pão e ele te der maná do dia,  não reclame, não murmure. Em tudo dê graças  (sempre)."

"Batendo de frente o justo não treme, o guerreiro não gela".

Desafiador, instigante. Te faz pensar... Como lidar... Como fazer... Como agir...Como dar certo...Como estar favorável...Como estar na plenitude...Como agir corretamente.

Eis um novo dia.

A pressão, a força,  o desejo, a conquista,  o título, o pensamento. O que fazer e como fazer. O comportamento. Os sentidos. O momento. A hora. O atraso. A pontualidade. O sucesso. O fracasso. O objetivo. O obrigado. A obra. A dor. A suavidade. A vida. A morte. O medo. O receio.

Qual balanço farei do dia 31 de dezembro de 2016? Se bem que já estou fazendo balanço.

Como melhorar?  Eis a questão e as muitas outras questões. Fogo. Água. Prazer. Pecado. Culpa. O dar certo e o dar errado. A respiração. A reflexão. O banho.

segunda-feira, 14 de março de 2016

Resuminho IX.

Que isso!

Para, para, para, para e para!

Para tudo que eu quero descer.

Que dia foi esse? Afffffff.

Sem palavras. Quê que isso,  sai de mim.

Socorro.

Misericórdia. Se eu tivesse ido à manifestação ontem, hoje teria levado um banho de água fria indireto por causa disso. Quem tiver entendimento, entendeu.

A cobra tá fumando. A batata está assando e ela está na minha mão.

Gente,  que sistema bruto.

Estão testando minhas capacidades.

Tá louco, meu. Sai fora.

Este dia é e foi 14 de março de 2016.

Parece tribulação. Afffffff.

Ô, louco, meu.

Que Deus cuide e abençoe vocês quatro que saíram hoje (Luís Carlos, Carlos, Guida e Cristiane).

Só quero paz,  dar risada e sem preocupação alguma com o amanhã.

Registrado.

Cidades próximas com climas diferentes.

Ao assistir jogo do Corinthians contra o Botafogo de Ribeirão Preto percebi que em São Paulo está nublado e frio e em Ribeirão Preto sol e calor. Ambas cidades não são tão distantes uma da outra, mas é curioso saber como cada região no mesmo estado o tempo se comporta de maneiras diferentes.

Fora Renan?

domingo, 13 de março de 2016

Os assuntos no momento no twitter.

Os assuntos mais comentados neste momento no twitter neste domingo nublado e frio de 13 de março de 2016.

Crise política e crise econômica.

Meu twitter: @marcioxp2255

Pergunta: é a crise política que aumenta a crise econômica ou é a crise econômica que aumenta a crise política?

Resuminho VIII.

Segunda feira começou cambaleando. Aos trancos e barrancos foi boazinha. Uma das colegas de trabalho me falou que estava eu com os olhos tristes,  aparência abatida. Realmente não estava legal. Fui ler Salmos 91 em voz alta e instantes depois estava bem. E na sexta feira estava bem melhor.

Quais serão os desafios para esta semana?  Só quero bênçãos e vitórias e coisas boas. Amém.

Doido.

Sabe do que eu tô doido?

Tô doido para que chegue um dia em ocorra uma situação...

Acontecer uma situação grave em que precise urgentemente de um A.R. ( Aviso de recebimento ). O site dos correios estará em pane o dia inteiro. A gente liga pra agência e a TI deles tentando arrumar e SEM PREVISÃO DE NORMALIZAÇÃO.

A pessoa vai ter um filho pela boca. Vai jogar culpa em mim.

Não há o que fazer a não ser simplesmente esperar.

Não há indignação construtiva ou atitude de dono que vá por um "passe de mágica" surgir o A.R. instantaneamente.

É como se um chefe exigisse que todo mundo batesse o ponto de jornada de trabalho em suas plataformas computacionais e o sistema estivesse inoperante. Mas o chefe simplesmente diz para bater o ponto. Em todo o prédio não funciona mas tem que bater de algum jeito NO SISTEMA.

Não há o que fazer.  Tem que esperar normalizar. Assim é com correios. Não é porque a entrega foi efetuada numa quarta que na segunda tem ter o comprovante de entrega já disponibilizado.

Os correios têm sete dias ÚTEIS para devolverem ARs. Assim como podem antecipar, eles podem atrasar. Um A.R. Pode levar mais do que sete dias úteis para voltar. Dez, quinze, vinte, um mês.

Portanto,  não me responsabilize por coisas totalmente fora do meu alcance. Nem a agência tem culpa, quanto mais eu.

A expedição de documentos sempre foi excelente por sua excelência. Sempre houve problemas mas não tão quanto está sendo este ano. Se ela sempre funcionou, por que agora estaria deixando de funcionar?  Algum motim ou complô?

Estou de olho. Nada e nem ninguém pode me prejudicar em nada. E fim.

Pequenos números.

Interessante...

Hoje, dia treze de março de dois mil e dezesseis,  domingo,  acontece manifestações no Brasil de brasileiros pedindo a saída de Dilma Rousseff da Presidência da República.

O Brasil possui cinco mil, quinhentos e setenta municípios. E pelo Correio Brasiliense, li que apenas duzentos e duas cidades estão em protesto contra o governo federal nesta manhã. Em Brasília,  por exemplo,  duas mil pessoas nas ruas.

Interessante esses números. Vamos ver no decorrer do dia se a quantidade de cidades aumentará e claro,  a quantidade de manifestantes.

sexta-feira, 11 de março de 2016

Impossibilidade de trabalhar

(Risos).

Primeira vez na vida que vou trabalhar e por causa da forte chuva, alagou na madrugada em toda Grande São Paulo todas as ruas em volta do prédio. Vila Leopoldina. Águas mais fortes que um sindicato.

(Risos).

Vamos lá...

Cê é loco,  tio... faz uma hora que eu acordei. Despertador acabou de tocar anunciando mais uma jornada. Graças a Deus que é sexta feira....

terça-feira, 8 de março de 2016

segunda-feira, 7 de março de 2016

Blog do Tenso. Tá tranquilo, tá favorável...

Março,  março... por favor não repita o mesmo desempenho de fevereiro,  por favor...

O MC Bin está cantando essa música (Tá tranquilo, tá favorável).  Começou a virar febre.

Nesta segunda mais uma vez. Parecia tudo favorável a mim até que no meio da tarde só perturbação.

Uma das frases de auto ajuda que utilizo há alguns anos é: " Tudo está a meu favor, tudo está favorável a mim. Tô no bem, na paz, na harmonia, na saúde e no equilíbrio sempre. Qualquer coisa que eu faça ou deixe de fazer não me prejudica em nada." Digo esse "mantra" costumeiramente. Não é todo dia, não é toda hora, não é toda semana e algumas vezes não é todo mês que faço tais afirmações de frases descritas, já.  Porque simplesmente não tenho muita vontade e nem muitas vezes paciência de declamar essas orações o tempo todo e todos os dias. Quando me cansa, paro. Quando começa a ser obrigatório  (de me forçar a fazer), deixo de lado e sigo em frente.

Mais uma vez eu sendo culpado por causa de coisas completamente fora da minha alçada.

Qualquer carta registrada ou sedex enviado por correio com A.R. ( Aviso de recebimento) leva 7 dias ÚTEIS para voltar (o A.R.) ao remetente a contar da data de entrega ao destinatário.

Uma carta registrada foi enviada dia 01/03 e entregue rapidamente dia 03/03. O destinatário está alegando que não recebeu o documento. Porém consultando o site do correio consta a entrega na data descrita. Mas a pessoa aqui começou a me perturbar já exigindo o A.R. para hoje. Não tinha  como.

O centro de distribuição da cidade a que foi enviada a correspondência atende a centenas de cartas. Um centro de distribuição não para simplesmente para atender uma urgência. Seja a gravidade que for, seja o cliente pessoa física ou jurídica que for. E para a pessoa entender isso? Quer o A.R porque quer o A.R. Me culpa. Essa mesma ocasião foi em fevereiro e mais tensa foi. Já hoje foi mais amena.

Eu não sei se o fato de ler a bíblia com mais dedicação e mais disponibilidade, faz com que as forças malignas espirituais estejam com raiva. E para não quererem que eu adquira mais entendimento e sabedoria da Palavra de Deus, esteja ocorrendo isso. Aí quando acontece coisas bem desagradáveis e desfavoráveis, eu pararia de ler a bíblia e assim tudo voltaria na normalidade.

Esse tipo de "fenômeno" que acontece tem tempos. Posso dizer que mais de 20 anos (1994/1995/1996). Toda vez que eu começo a ler a bíblia com mais intensidade acontecem coisas diversas para desanimar mesmo. O que aconteceu hoje foi assim. Para desanimar e parar de ler.

Eu não tenho certeza se há uma ligação de fato entre esses acontecimentos. Mas sempre percebo uma certa ligação nessas ocasiões. Sei lá.

Que este Blog não seja tenso. Tá tranquilo, tá favorável.

domingo, 6 de março de 2016

Resuminho VII

Semaninha boa, tranquilinha. Na paz. Fim de semana bonzinho,  também.

No trabalho ficarei sozinho na minha função nesta semana e nas próximas três. Colegas pares que trabalham junto comigo entraram de férias. Um mês de férias os sortudos. (Risos).

Que nesta semana seja tudo favorável e tudo de boa.

O chefe do bando (análise e opinião).

Apenas para análise. Bem evidente é o Jornal O Estado de São Paulo ser desfavorável ao governo PT. E aqui embaixo reproduzo uma nota do editorial,  publicada neste domingo. O título se chama "O chefe do bando".

"É melancólico o fim que se anuncia da carreira política de um líder que foi capaz de vender a ilusão de que poderia mudar para melhor o Brasil. O carisma e a habilidade de Luiz Inácio Lula da Silva como líder populista não podem ser subestimados, mas a política costuma ser implacável com quem passa dos limites na tola pretensão de colocar-se acima do Bem e do Mal e atribuir-se onipotência divina. A soberba de Lula resultou na falência política, econômica e moral do País, responsabilidade que não pode ser jogada integralmente nos ombros débeis daquela que foi colocada na Presidência da República para satisfazer a vontade de seu mentor. Dilma Rousseff, condenada ao desapreço dos brasileiros, já paga um alto preço por sua incompetência. Chegou a vez de Lula, o grande responsável pela nefasta “era petista”, prestar contas de seus atos.
Nos últimos dias, as notícias relacionadas às investigações sobre a corrupção na gestão pública, para a qual o “pragmatismo” de Lula escancarou as portas do governo, não fizeram mais do que revelar aquilo que já era esperado nessa fase das apurações. Essas investigações exigem especial cuidado por causa de suas inevitáveis implicações políticas e consequente repercussão na opinião pública. É o que justifica o nome de Lula ter aparecido oficialmente como investigado apenas agora."

Fonte: Estadão

Um dia precisarei estudar sobre a teoria e prática de uma defesa e de uma acusação. Como elas funcionam, a força que elas têm e etc , etc e etc. Por quê ? Porque eu olho nesse caso de política como as denúncias são aplicadas,  como os acusados se defendem...

Lula criou um site neste comecinho de março chamado "A bem da verdade". Nele ele expõe sua defesa e a de seus dois filhos. E é bem interessante analisar isso. 

A gente fica um pouco sem saber qual é a verdade dos fatos. Podemos imaginar muitas coisas a respeito do que acontece no cenário político brasileiro. Vejo os defensores do PT se manifestando com suas explicações nas redes sociais e os que abominam Lula e PT de um modo voraz (fora Lula, fora PT e fora Dilma). Também podemos imaginar que tudo não passa de uma mentira. Todas as acusações são inverídicas,  porém bem planejadas, que o PSDB até hoje não aceita a derrota nas urnas nas eleições presidenciais de 2014, que a direita conservadora não admite a classe mais pobre melhorar de vida e por isso de querer extirpar o líder e seu partido para sempre. E claro,  fazendo com que a Opinião Pública se revolte contra Lula e PT e assim as coisas diversas se sucederão conforme for sendo o "andamento da música".

Já imaginou tudo isso sendo completamente manipulado? Porém há sempre o outro lado. E se tudo for realmente verdade? Será que existe um "terceiro lado? O lado por exemplo de me acusarem de algo que eu não fiz, mas que os articuladores planejaram de um modo tão bem feito que seria preso evidentemente. Isso pode acontecer?  Claro. Com qualquer pessoa, mesmo ela sendo a mais inocente do mundo. Por isso que eu apenas observo. Não defendo e muito menos acuso. Observo o comportamento dos fatos e acontecimentos. 

Óbvio que tudo na vida é questão de escolha. Poderia ser igual ao site "O Antagonista" e vibrar a cada derrota petista e ver meu Brasil sair dessa ladeira abaixo que se encontra. Ou estaria aqui defendendo o lulismo. Não é ficar em cima do muro. Qualquer um pode pensar que seja ser indeciso mesmo, mas não vejo desta forma. Logicamente muitos me dirão (dos dois lados): como você pode ser um mero observador ? Olha o desemprego,  olha a crise, olha a incompetência desse governo e tanta corrupção. E outros (da defesa): olha como o Brasil melhorou. Compare sua vida atual com a de antigamente,  a miséria diminuiu,  o FMI nos deve dinheiro... E etc. Reafirmo simplesmente: apenas observando. Concorde ou discorde. Pode brigar comigo se minha posição não lhe agradá. Não tem nada demais. 

Nacional e presidencialmente falando,  o Brasil e bipartidário. Ou é PT ou PSDB na presidência da República. Inegável que o eleitor vote sempre assim. É histórico. Agora com tantas denúncias de corrupção ao PT há pelo menos 10 anos, fica incógnito o futuro político no Brasil. Apenas suponho que nas eleições municipais deste ano de 2016 o petismo vai levar uma "surrada" de derrotas nas urnas como nunca houve. Suponho. Nas futuras eleições de 2018 à presidência, creio na vitória psdebista. E para saber mesmo se o Brasil fez a coisa certa, somente num período de no mínimo 8 anos (2018 a 2026). Basta o PSDB fazer um governo diferente no aspecto satisfatório à população brasileira. O problema é: quem vai ser oposição? (RISOS).

Chega.

04/03/2016.

Dia 04/03/2016...

Será que foi um dia histórico para o Brasil ou simplesmente puro oportunismo para algumas pessoas?

Esse dia 4 foi uma sexta feira. A Polícia Federal do Brasil conduziu o ex-presidente Lula a depor como investigado na operação Lava Jato.

Essa operação consiste em investigar o esquema de corrupção na estatal brasileira Petrobrás contra desvios e lavagens de dinheiro feitos por grandes  empreiteiras como Odebrech,  OAS, Andrade Gutierrez e etc. Esse esquema favoreceu políticos, principalmente do PT (Partido dos Trabalhadores), segundo se apura.

O que aconteceu além desse depoimento?

O dólar ficou em forte queda (com relação à moeda real ) e as ações da Petrobrás ficaram mais de 12%. Tudo isso perante a "fervura política" que se manifestou neste "memorável" dia. Até um economista no rádio falou que os investidores em bolsas de valores saíram para fazer "compras".

No final da tarde desse "grande" dia a presidente Dilma manifestou a sua "indignação" pela condução "coercitiva" de Luís Inácio Lula da Silva do seu apartamento em São Bernardo do Campo à sede da Polícia Federal em São Paulo. Pelo que se noticiou a PF foi às 6 da manhã na residência dele. Depôs por 4 horas.

Olha... Já ouço e leio por aí afora que o impeachment da atual presidente Dilma Rousseff é inevitável. Dá-se a impressão que tudo vai melhorar, a crise política e econômica vão se estabilizar, o desemprego vai frear... Será?

O Brasil está ao meu ver aparentemente dividido. Brasileiros em prol do PT e de Lula (dizem a direita conservadora não suporta os desprovidos melhorando) e brasileiros contra PT e um desejo de verem ele na cadeia.

É claro que a construção de uma boa imagem - seja de empresas ou pessoas - é feita de maneira cuidadosa e demorada. Mas quando ela é manchada, o que demorou anos para ser bem vista, cai em poucas horas. E as denúncias de corrupção no governo petista vêm desde 2005 (mensalão).

Próximo dia 13/3 (domingo) vai ter manifestação por todo o Brasil contra o atual.

Vamos ver no que vai dar. Apenas observando...

Não é possível...

Não é possível... Depois de seis parágrafos escritos o Blogger para de funcionar. Não salvou nada do que escrevi. Agora terei de reescrever tudo ou pelo menos quase tudo do que escrevi. Vamos lá tentar de novo... Desinstalei o aplicativo,  reinstalei novamente e agora vâmo que vâmo.

A nova geração adulta dos anos 90.

A imagem já diz tudo.

Todas as pessoas que nasceram de 1990 a 1999 não são mais crianças. Nenhuma.
A nova geração adulta está aí. E assim caminha a humanidade.

quinta-feira, 3 de março de 2016

Que Deus ajude o menino Julio César Salles, de 12 anos. (II)

Até onde se sabe ele está melhorando. Não há mais detalhes pois seus responsáveis estão bem cuidadosos nas redes sociais mediante críticas que ainda persistem sobre a mãe do Julio. Ela até fez outro desabafo em seu facebook por causa de coisas que realmente chateiam. Criar filhos não é um mar de rosas. Como na outra postagem, o que aconteceu,  poderia ter sido na vida de qualquer pai ou mãe. O bom é que do pouco que se sabe, é de Jesus estar reagindo bem. Isso é o que realmente importa. Creio que ele sairá dessa. Deus está com eles e com todos que o querem bem.

terça-feira, 1 de março de 2016

Resuminho VI.

O mês de fevereiro foi considerado para mim razoável, conforme as postagens que se dispuseram ao longo dele. Chove forte nesta manhã de terça,  1 de março.

Que março surpreenda e seja muuuito melhor. Amém.

Primeiro de março de 2016.

Acordo. Cinco e vinte da manhã. Terça feira. Chuvosa, fria. Primeiro de março de dois mil e dezesseis. Inicia-se o terceiro mês do ano.  Fui dormir bem cedo na segunda, mais ou menos umas vinte e uma horas após ler a bíblia os livros Malaquias e Cantares de Salomão. Agora a pouco fui pingar colírio Lumigan na minha mãe. Perguntou - me se era sete da manhã. Respondi que era cedíssimo ainda. Voltei para o meu quarto. Comecei a espirrar. Nariz escorrendo. Um pouco de tosse. Gripe à vista. Descalço.  Resolvi de antemão tomar um xarope Expec, mesmo sabendo que ele causa sonolência. Pouco importa. E tomei dois comprimidos de Benegrip.

Agora estou aqui deitado. Os dois remédios já fizeram efeito. Estou me sentindo bem melhor.  Mas acho que mais pelo efeito de ter dormido bastante.  Sonhei. Sonhei com o ex-presidente Lula. (Risos). Mas pouca lembrança para descrever o que aconteceu. Quase dez para às seis da manhã. Escrevendo no Blog do Marcinho. Celular. Aplicativo do Blogger. Ah, a tecnologia... sempre favorável.

Fico imaginando... Como seria há dez anos atrás... Teria que escrever num diário  (papel mesmo). Teria que acender a luz, pegar uma caneta e escrever. Seria mais trabalhoso. Hoje não. Basta estar deitado, olhar para uma telinha de um android Samsung Galaxy,  usar somente meu polegar direito e escrever.

É... nasci para escrever. Gosto muito. Prazeroso.

Eu poderia ser um youtuber  (vlogueiro). Tenho - acredito eu - um certa habilidade. A câmera sempre à disposição. Tudo o que está sendo escrito aqui transformado em imagens. Seria uma boa. Quantas visualizações eu teria? Fracasso ou sucesso? Mas não. Sou blogueiro mesmo. Meu prazer mesmo é escrever.

Talvez eu vá dormir novamente pelo menos até umas sete e pouco da manhã, embora o despertador do celular  tenha apitado agora e vai assim até oito e vinte da manhã. Mas nem posso pensar em me levantar nesse horário. É um horário que tenho que estar no meio para o fim do caminho do trabalho.