sábado, 31 de dezembro de 2016

A ganância de querer sempre mais.

video

Último sábado de 2016.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Última sexta feira de 2016.

Agora é a última sexta. Que venha 2017 repleto de coisas ótimas.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Última terça feira de 2016.

Mesmo faltando poucas horas para terminar este dia 27/12/16, já escrevo obviamente como a última terça feira deste ano de 2016.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

É o que eu espero muito.

É o que eu espero muito.

Êh, mundão...

Outro dia vinha em um ônibus fretado e vi numa rua prostitutas de rua nas calçadas perto de motéis contíguos. Todas quase sem roupas. Praticamente seminuas. Estavam insuando-se para condutores de veículos e motoqueiros. Bonitas e feias eram elas.

Mais adiante vi muito perto dali crianças pedindo esmolas a motoristas. Para conseguirem dinheiro faziam malabarismos. Crianças de seis, oito, onze anos.

O que podemos fazer para não depararmos mais com essas imagens aos nossos olhos? 

Quase vinte e duas horas da noite e todos aqueles pequenos deviam estar em casa brincando ou dormindo. O que fazer para combater isso?

Com relação às meretrizes,  é relativo. Algumas estão por prazer e porque querem. Outras, por falta de alternativa e quando tudo se volta nessa única escolha ou morrer de fome.

Para se pensar em qual sociedade que queremos viver e como que ela pode ser justa.

domingo, 25 de dezembro de 2016

Os assuntos no momento do Twitter (X).

Em primeiro lugar: morre o cantor George Michael.

Feliz natal.

🎅🎄

Daí quando você acha que todos já lhe desejaram um Feliz Natal...

Aí PAAH
     
  (\____/)
       ( ͡ ⚫͜ ʖ͡⚫
        \ 👉    \  👉

Aparece queeemm?!?!?!

EU!!

Desejando um excelente Natal!!

Muitas alegrias, muita paz e saúde a você e toda família. 🎅🎄🎅🎄🎅🎄

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

É mais fácil...

É mais fácil o governo dizer: "Brasileiros,  não tenham filhos. Assim, a Previdência fica 'equilibrada' e com 'superávit'"...

Quarenta e nove anos contribuindo. Isso se nesse período não ficar desempregado ou sem poder trabalhar por outros meios que venham ocorrer em nossas vidas. Aí demora mais para aposentar por conta disso.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Cinco de dezembro: cama nova.

Presente de Natal adiantado de mamãe,  dona Alice.

Quarto arrumado depois de alguns séculos...

Mas claro, as minhas tranqueiras ficaram no quarto dela, temporariamente. Tinha que ter espaço para montar.

E aí está o resultado. Muito obrigado,  dona Alice. Valeu.

Vermelhinho no paah.

Aí tu passa pelo outubro rosa, passa novembro azul e aí PAAH...
       (\____/)
       ( ͡ ⚫͜ ʖ͡⚫
        \ 👉    \  👉

Chega dezembro vermelho 💸💸💸💴💵👎👎
😂😂😂😂😂😰

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Comparecimento e post.

Não há vínculo virtual com a natalícia. Isso vem até de anos quando do nada a pessoa resolveu retirar - me. Mas, a convite, decidi participar da solenidade doce de se ver. À cortesia, meramente. Pura e simplesmente civilidade. É o que fora abrangido.

A grande surpresa foi que surpreendi    a alguns com caloroso e efervescente fascínio; o meu ocular.

E, finalizando,  acondicionar um quadro uma pilhéria a respeito da entidade apurada pelas fortes forças de potências em que exercemos o ofício, não é motivo suficiente para alardear e constituir a não aplicabilidade do escárnio referido.

terça-feira, 15 de novembro de 2016

Não lida.

Que engraçado...envio de mensagem enviado no messenger do Facebook há dias atrás e até o momento não visualizou...

Está de férias,  viajando...Esteve aqui em São Paulo...É do Rio Grande do Norte. Agora encontra - se passeando por cidades mineiras...

O conteúdo da mensagem pouco importa agora, já que nem se encontra mais nas terras paulistanas. O pedido que lá se encontra se realizaria justamente se cá estivesse.  Como não, deixamos para lá numa futura oportunidade.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

O novo membro da família.

No dia 5 de novembro ao fazer compras com minha mãe no bom e velho Andorinha Hipermercado, me deparei com um bonzai (árvore em miniatura) na seção de plantas.

Ao vê-lo,  me despertou uma certa curiosidade e uma vontade de levá - lo para casa. Havia três bonzais. Dois estavam com...digamos..."matinhos" em volta  da arvorezinha. Um não. Esse era apenas terra e a pequena árvore. E foi esse que eu levei.

Algumas pessoas brincaram comigo dizendo para pôr um nome ao bonzai. Falei com minha mãe,  dona Alice,  e ela sugeriu Gabriel. Anjo Gabriel. E assim ficou:  Bonzai Gabriel Gonçalves.

Inusitado? Para mim nem um pouco. Diferente, bonito,  estranho e contagiante. Mágico. Esplêndido e apreciável.

Dez de novembro e cá estou com ele no meu quarto. Dou água e ponho no sol pela manhã na janela da sala.  Esta semana Gabriel já tomou seu primeiro banho de temporal de chuva, ficando enxarcado.

Espero que dure por um bom tempo.

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Deu ruim lá, também.

Pensamento do dia💭:

"2016, o ano dos líderes improváveis: Temer, Crivella, Dória, Trump e Palmeiras".

O pato Donald.

(Pato) Donald John Trump: o republicano e mais novo presidente dos Estados Unidos da América.

Será o número 45 de presidentes norte - americanos. Derrotou a democrata Hillary Clinton, contrariando as pesquisas e previsões que apontavam a vitória dela.

É isso aí. Vamos ver no que vai dar...

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Olhos de zoom.

Interessante seria se nossos olhos pudessem ser zoons. A variação de distância focal nos olhos humanos seria esplêndida, se ela existisse naturalmente em nós, é claro. Como não,  ficamos com as lentes de câmeras comuns, dependentemente.

Poder enxergar qualquer coisa distante sem ter que se deslocar para ficar próximo seria o ideal na vida de qualquer ser humano. Mas logicamente sempre iriam existir as desvantagens desse primor.

Pessoas fariam muitas coisas secretamente para não serem vistas pelo "zoom ocular humano". Papéis escritos, telas de notebooks e computadores, movimentos das mãos... Tudo isso seria incômodo para quem estivesse de má intenção, ou planejando algo que alguém não possa ainda conhecer, ou fazendo coisas erradas secretamente ou em oculto para ninguém saber (sendo algo bom ou mau)...

Como seria o mundo se tivéssemos tal êxito nos nossos olhos?

quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Ele está de boa...

Mas que interessante... apresentar um orçamento da respectiva despesa para o próximo ano aos grandes líderes. E ao se analisar com mais profundidade os números,  estão errôneos e consequentemente, maiores do que o previsto. Como fazer com a aprovação já oficial do orçamento e não dando para alterá - lá mais? E ele (o que fez a apresentação dos números) a navegar  na bonança da tranquilidade... Está de boa.

sábado, 22 de outubro de 2016

Resultado das eleições municipais de São Paulo - 2016.

O momento histórico e político em que passa o país, refletiu mais vez nas urnas neste domingo passado de 2 de outubro de 2016.

Eleições para prefeitos e vereadores em todos os 5.570 municípios brasileiros.

Falando da minha cidade de São Paulo, algo surpreendente aconteceu. Os candidatos de que concorreram à prefeitura foram: João Dória (PSDB), Fernando Haddad (PT) , Celso Russomanno (PRB), Marta - ex-Suplicy e ex-PT- (PMDB), Luisa Erundina (PSOL), Major Olímpio (SD), Ricardo Young (REDE), Levy Fidelix (PRTB), João Bico (PSDC), Altino (PSTU) e Henrique Áreas (PCO). Durante quase toda a campanha prevaleceu nas pesquisas pelos institutos, o Russomanno em primeiro lugar. Assim como em 2.012 (que foi a mesma coisa com ele), prevaleceu da mesma maneira. E às vésperas da votação, tudo muda. Quem estava em terceiro ou segundo lugar, rapidamente fica em primeira colocação. Tudo em menos de 1 semana se alteram as preferências.

Dória passa a ficar nas primeiras colocações e os demais começam a perder pontos. Com o resultado, houve uma renovação de 40%. Se antes havia 5 mulheres vereadoras, agora são 11 mulheres. é um fator positivo o fato das mulheres se interessarem mais por política.

A composição da câmara dos vereadores em 2017 passou a ser assim:

33 REELEITOS E 22 NOVOS VEREADORES



     1.Eduardo Suplicy (PT) - 301.446
2. Milton Leite (DEM) - 107.957
3. Reginaldo Tripoli (PV) - 88.843
4. Conte Lopes (PP) - 80.052
5. Mario Covas Neto (PSDB) - 75.593
6. Eduardo Tuma (PSDB) - 70.273
7. Adilson Amadeu (PTB) - 67.071
8. Souza Santos (PRB) - 55.924
9. Ricardo Nunes (PMDB) - 54.692
10. Celso Jatene (PR) - 53.715
11. Eliseu Gabriel (PSB) - 52.355
12. Rodrigo Goulart (PSD) - 49.364
13. Fernando Holiday (DEM) - 48.055
14. Atilio Francisco (PRB) - 46.961
15. Ota (PSDB) - 45.915
16. Senival Moura (PT) - 45.320
17. Patricia Bezerra (PSDB) - 45.285
18. João Jorge (PSDB) - 42.404
19. Aurélio Nomura (PSDB) - 41.954
20. Soninha (PPS) - 40.113
21. Edir Sales (PSD) - 39.062
22. Gilson Barreto (PSDB) - 38.564
23. André Santos (PRB) - 37.393
24. Daniel Annenberg (PSDB) -36.983
25. Alfredinho (PT) - 36.324
26. Toninho Paiva (PR) - 35.219
27. Juliana Cardoso (PT) - 34.949
28. Sandra Tadeu (DEM) - 34.182
29. Rute Costa (PSD) - 33.999
30. Police Neto (PSD) - 33.537
31. Donato (PT) - 32.592
32. Noemi Nonato (PR) - 32.116
33. Jair Tatto (PT) - 30.989
34. Gilberto Nascimento Jr (PSC) - 30.382
35. Adriana Ramalho (PSDB) - 29.756
36. Camilo Cristófaro (PSB) - 29.603
37. Reis (PT) - 29.308
38. Paulo Frange (PTB) - 29.242
39. Ricardo Teixeira (Pros) - 28.515
40. Fabio Riva (PSDB) - 28.041
41. Gilberto Natalini (PV) - 28.006
42. Alessandro Guedes (PT) - 26.780
43. Arselino Tatto (PT) - 26.596
44. George Hato (PMDB) - 26.104
45. Isac Felix (PR) - 25.876
46. Aline Cardoso (PSDB) - 25.769
47. Claudinho de Souza (PSDB) - 24.923
48. David Soares (DEM) - 24.892
49. Dr. Milton Ferreira (PTN) - 21.849
50. Rinaldi Digilio (PRB) - 20.916
51. Janaína Lima (Novo) - 19.425
52. Claudio Fonseca (PPS) - 18.444
53. Toninho Vespoli (Psol) - 16.012
54. Zé Turin (PHS) - 14.957
55. Sâmia Bomfim (Psol) - 12.464

PSDB - 11 vereadores
PT - 9 vereadores
PSD - 4 vereadores
PRB - 4 vereadores
PR - 4 vereadores
DEM - 4 vereadores
PSB - 3 vereadores
PV - 2 vereadores
PTB - 2 vereadores
PSOL - 2 vereadores
PPS - 2 vereadores
PMDB - 2 vereadores
PTN - 1 vereadores
PSC - 1 vereadores
PROS- 1 vereadores
PP - 1 vereadores
PHS- 1 vereadores
NOVO - 1 vereadores

Destaca-se aí o Eduardo Suplicy, ex-senador que ficou 24 anos no Senado Federal (1990 a 2014). O vereador mais votado. Bem expressivo.

Segundo o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) o número de eleitores que votaram foram de 6.945.741 pessoas.Isso se resume assim: VÁLIDOS 5.789.891 (83,36%), BRANCOS 367.471 (5,29%) e NULOS 788.379 (11,35%).

ABSTENÇÕES
1.940.454 (21,84%)


VAI DOAR TODO SEU SALÁRIO A ENTIDADES BENEFICENTES E NÃO VAI CONCORRER Á REELEIÇÃO.

De abstenções foram 1.940.454 pessoas.

João Dória teve expressivos 3.085.187 votos contra 967.190 votos do segundo colocado, Fernando Haddad.

O curioso é que se somarmos o total de brancos e nulos e mais as abstenções, dá 3.096.304 "votos desperdiçados" pela população paulistana.

Veja abaixo os números que cada candidato teve:

1.       
ELEITO
João DoriaPSDB
53,29%3.085.187 VOTOS

2.       
Fernando HaddadPT
16,70%967.190 VOTOS

3.       
Celso RussomannoPRB
13,64%789.986 VOTOS

4.       
MartaPMDB
10,14%587.220 VOTOS

5.       
Luiza ErundinaPSOL
3,18%184.000 VOTOS

6.       
Major OlimpioSD
2,02%116.870 VOTOS

7.       
Ricardo YoungREDE
0,45%25.993 VOTOS

8.       
Levy FidelixPRTB
0,37%21.705 VOTOS

9.       
João BicoPSDC
0,10%6.006 VOTOS

10.    
AltinoPSTU
0,08%4.715 VOTOS

11.    
Henrique ÁReasPCO
0,02%1.019 VOTOS




Com o prefeito Dória vitorioso, disse que vai doar todo o seu salário a entidades beneficentes e que não vai concorrer à reeleição. Vamos ver como será esse governo. Torcendo para que dê certo.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Interessante...

Ontem de manhã aconteceu algo que me chamou a atenção. Após voltar da academia  (hidroginástica, que retornei anteontem dia 27/09), minha mãe,  dona Alice,  entra no meu quarto e fala sobre um acontecido nesse dia 27/09.

Esse dia 27/09 é o aniversário da minha irmã  (Maria Aparecida - Cidinha como chamamos). Eu e ela não nos comunicamos. Somos praticamente água e óleo: não nos misturamos. Isso já tem anos. Brigamos muitas vezes que no decorrer de meses e anos doravante,  falarei um dia neste blog, se assim for permitido pelas forças do Universo, explicar sobre essas contendas e incompatibilidades.

Minha mãe chega e fala que depois de muitos e muitos anos, minha irmã aceitou um "parabéns", um beijo e um abraço dela. Dona Alice emocionou - se diante de mim. Ela não esperava essa atitude receptiva por parte de Cidinha.

Isso se deu porque tem muitos e muitos anos que minha irmã rejeita ser parabenizada e abraçada no dia de seu aniversário.  Se de minha mãe ela não gosta, que dirá de mim (que não faço em hipótese alguma) e de terceiros... Dona Alice disse que desde pequena ela é assim e limpava a bochecha quando minha avó paterna a beijava, felicitando - a na data de aniversário.  E nesse dia 27/09 foi diferente depois de décadas. Por mim, fico indiferente por parte da minha irmã.  Somos incompatíveis.  E falar algo ou não falar nada, não altera em nada meu relacionamento com ela.

Minha mãe, ainda chorando,  disse que de mim,  ela me beija, me abraça e sempre eu recebo isso maravilhosamente bem e que ela - Cidinha - nunca foi dada a ser dessa forma.  Explícita diferença comportamental de dois filhos perante uma mãe.

Espero que isso seja um fator positivo e muito bom sobre todos os aspectos de convivência e harmonia. É isso.

domingo, 18 de setembro de 2016

Discos que já ouvi em minha vida II.

Daniela Mercury.

Disco: "O canto da cidade".

Produzido por Liminha.

Disco antológico. Doze canções nota dez.

De todas as músicas,  a que mais gosto é "Exótica das artes". Composição de Armandinho Macedo e Edmundo Caroso.  Para mim a música e letra mais lindas de todo o disco.

"Você não entende nada", de Caetano Veloso. Interpretação show de Daniela Mercury.

Outra música que menciono é "Rimas irmãs", de Carlinhos Brown. Nota dez. Uma melodia marcante. Fica sempre na minha cabeça. 

Músicas românticas e dançantes. Destaco também a música "Só pra te mostrar", Herbert Vianna. Tem sua participação num belíssimo solo de guitarra.

Não preciso dizer mais nada a respeito desse disco. Maravilhoso.

Livros que já li em minha vida (V).

Livro: Morte na lua de mel, de Jaden Skye.

Este é o último livro que li recentemente. Tem menos de três dias o seu término.

Gostei muito. Até hoje não existiu nenhum livro que eu não tenha gostado.  Não conheço livro ruim. E esses 83 lidos foram esplêndidos.

Jaden Skye. Uma autora que me apreciou desde os primeiros parágrafos. Com certeza baixarei seus outros livros que tem a mesma temática que falarei a seguir.

Este livro narra a história de Cindy, uma jovem mulher recém casada. Estava em lua de mel quando morre inesperadamente seu marido Clint, que surfava no mar. Uma semana de casados e acontece uma tragédia dessa. E é a partir de então que começa uma investigação partida de Cindy. A morte de Clint não foi acidente e sim assassinato. Essa era a certeza que Cindy tinha. E o final surpreende com muita justiça.

Cem por cento recomendado. Os livros de Jaden Skye abrangem temas policiais e investigativos.  Suas personagens são mulheres sempre protagonistas, firmes, fortes, decisivas e independentes.

Não desanime.

Não desanime com a derrota de hoje, Márcio Gonçalves dos Santos... Amanhã tem outra.

Eternamente tentando entender a vida.

É bom este blog justamente como forma de expor o que sinto. E agora não é diferente. Será um texto muito longo. Vamos lá!

Ultimamente andam acontecendo algumas coisas relacionadas a seguro fiança  (Porto Seguro) e aluguel. Problemas. Todo ano pagamos o seguro fiança à Porto Seguro. É tipo um aluguel extra que tenho que arcar. Divido em 4 vezes para não pesar no meu orçamento. Ao solicitar um serviço dessa seguradora, eles da empresa, disseram que não consta pago o valor do ano passado.

Aí minha irmã e minha mãe questionaram os comprovantes físicos. Eu disse que não guardo comprovante algum. Tudo é pago pela internet. Ambas acharam ruim porque eu tinha que ter os comprovantes impressos, segundo elas. Minha irmã questionou como que eu havia pago os boletos. Eu nem lembrava como paguei. Então ela achou um absurdo eu não saber ou não me lembrar disso. Acontece que eu sou desencanado com as coisas. Fiz uma coisa que devia fazer semana passada,  faço e esqueço. Pronto. Não fico com aquilo fixado na mente.

Fui à minha conta na internet pesquisar comprovantes desses pagamentos de um ano atrás. Achei três e imprimi. Minha irmã conseguiu achar o quarto pagamento. Agora estão com elas. Irão ao Procon protocolar e notificar à Sinval Imobiliária e à Porto Seguro.

E hoje, domingo,  conversando com minha mãe no meu quarto sobre essa questão, falei sobre Gustavo e Piettro. Gustavo tem doze anos e o Piettro,  dez anos. Gustavo é youtuber. De vez em quando empresto minhas câmeras digitais para ele usar e meu computador para editar seus vídeos e assim colocar no YouTube.

Isso incomoda um pouco minha mãe.  Por quê? Porque tanto ela como minha irmã têm um sexto sentido de "detectar" as maldades das pessoas. Eu não sou assim. Eu não tenho malícia e não vejo maldades nas pessoas. Eu sou uma pessoa de bom coração e que faz as coisas para as pessoas por livre e espontânea vontade. Se alguém vier a fazer algo de ruim para mim, eu simplesmente ignoro e essa pessoa perde minha amizade. Simples.

Mas vem minha mãe e diz: "Você não tem malícia, mas os outros têm".

Concordo em cem por cento.

Mas e aí?

Ela acha que ficar um garoto no meu quarto (por mais que estejamos focados em simplesmente editar os vídeos) comigo, não pega bem. Óbvio que não faria nada. Não sou doente mental e não tenho nenhum problema psicológico ou psiquiátrico. O problema está na maldade do pensamento das pessoas por aí afora.

Eu discordo, mas eu acato a decisão dela.

Há duas semanas atrás emprestei uma câmera Canon ao Gustavo. Dei com os burros n' água de contar hoje para minha mãe que câmera estava com ele todo esse tempo. Para quê?  Começou o B. O.

Ficou nervosa. Ela sente no coração de parar de fazer eu me envolver com essas coisas de filmagem e edição. Pode fazer, mas lá no térreo do apartamento. Por isso que mandei arrumar meu notebook que há quase quatro anos está parado por trincamento da tela, que precisa ser consertado. Com o notebook arrumado, faço toda a edição nele e fora do quarto. Mas faz duas semanas que o técnico tenta arranjar outra tela e não encontra.

Ontem eu ia tirar o calo (verruga lesionada no dedo do pé esquerdo) na clínica Fares. Nesta semana minha mãe sentiu de eu não fazer esse procedimento. Era melhor ir à podóloga Conceição ver o que podia ser feito. Fomos na sexta feira de manhã. Conceição fez o que podia ser feito. Depois de terminado, chamei um Uber para levá - lá de volta para casa e eu a pegar um ônibus para descer ao Terminal Barra Funda e ir trabalhar. No sábado fui à clínica somente para tirar o ponto embaixo da mama esquerda. Duas horas de espera para um procedimento que durou nem dois minutos. Clínica Fares está a desejar em termos de pronto atendimento.

Hoje no quarto, após a notícia da câmera com o Gustavo,  minha mãe viu eu de meia no pé. Disse para eu tirar e deixar os pés arejados por conta da calosidade no dedo. Eu fiquei a falar que não queria tirar e que estava com vontade de ficar de meia. Isso foi a gota para deixá - lá mais triste. E me disse: "Hoje você não fala mais comigo. Você sabe que eu não posso ficar nervosa."

Ela sai do quarto e vai contar tudo para minha irmã. Falou tudo o que eu falei. E minha irmã chama a vizinha Aninha para ela ir ao Gustavo reaver a câmera.

O Gustavo não estava. Quem havia atendido foi a Yanka,  irmã do Gustavo. A Yanka disse que havia duas câmeras e que um dos meninos falou que eu tinha dado às duas para eles. Aí vai de eu falar do quarto que uma eu havia dado, sim. Era uma Fushi. A Canon, não.

Aí a Yanka veio e trouxe a Canon. O carregador ela não havia encontrado. Falei que depois pegaria o carregador. E está aqui comigo a câmera Canon.

Logo depois disso tudo vem minha irmã com sermão para cima de mim. Ficou uma meia hora no quarto falando um monte de coisa para mim. Falou que ninguém vem dar nada para gente,  ninguém ajuda ninguém,  que sou muito trouxa de fazer as coisas para os outros,  já que ninguém faz nada para mim, que a nossa mãe é desse mesmo e etc , etc e etc...

Eu todas as segundas feiras de manhã, mando mensagem pelo whatsapp a todos os meus amigos, dizendo para terem uma semana bastante abençoado e de sucesso.

Muitas vezes já me peguei pensando se um deles faria isso para mim. Tenho certeza que quase nenhum faria. Porque isso leva tempo, dedicação,  lembrança de fazer e etc. Agora isso é de cada um. Eu faço a minha parte. O problema é deles se não fizerem.

Minha irmã disse para minha mãe assim: " Que o Márcio tome bem no rabo muitas vezes da vida e dos outros para aprender. "

Amém,  amém e amém. Que assim seja. Isso já acontece. A vida linda, perfeita e maravilhosa que eu tanto  devaneio não existe ou é inalcançável para mim.

Já percebi que ter uma mulher ou ter filhos não está ao meu alcance. É nítido o quanto sou imaturo com já trinta e cinco anos nas costas. Se sou errante e muito falho na vida com quase tudo (em termos de escolhas, decisões,  atitudes, opiniões...), imagine com relacionamento e filhos. Um fracasso absolutamente absurdo e absoluto. Não sirvo para isso. Não vejo capacidade de minha parte. É ser solteiro para sempre até eu morrer.

Êh,  vida... Quando vou te entender plenamente?  Quando irei acertar? Quando terei o domínio de compreender,  entender os fatos e acontecimentos que vem de você,  vida. Como me preparar?  Essas adversidades,  conflitos,  incertezas, desconforto, imprevistos  me desgastam e me desconsertam.

Aaaaahh!  Como eu tenho vontade de ser inabalável contra tudo que viesse de ruim e desagradável na vida...

Ser desencanado como sou e falei no começo deste post,  me parece de vez em quando ser muito superficial.

Todo mundo tem problemas. Eu ouço essa frase desde criança. Eu simplesmente não queria ter problema algum. Muitas vezes tenho vontade de ser rico e ficar na minha sem ter que me preocupar com o amanhã. Sério mesmo.

Eu quero uma vida boa, sem preocupação,  leveza e plenitude. Nada com nada. É utópico isso?

Às vezes penso também de Jesus Cristo voltar logo. Seria ótimo. Acabar logo com tudo isso. Eu subindo ou não subindo, pelo menos ficaria um pouquinho feliz de saber que Cristo levou e arrebatou sua igreja.

Mas como sempre foi,  eu não crio aquilo que eu penso. Se criasse,  minha vida seria completamente diferente do que ela é hoje. Totalmente. Pobre livro "O poder do subconsciente", de Joseph Murphy...algum dia acertarei com toda eficiência a sua escrita? Só não vou querer que dê certo só quando eu ficar mais velho.  Tem que ser já.

Essa mutação de fatos, momentos,  ocorrências na minha vida iniciou - se em mil novecentos e noventa e dois. Onze anos de idade. O ano em que comecei a perceber os acontecimentos da minha vida. O ano que comecei a ter problemas no colégio "SAA" nos estudos. Mil novecentos e noventa e três foi o ano extremamente crítico. O ano da repetência. Noventa e quatro foi mais ou menos. Noventa e cinco o ano que fiquei sem estudar. E assim sucessivamente. Um dia faço uma mini autobiografia relatando todos os anos da minha vida....Um por um.

Eternamente tentando entender a vida.

sábado, 17 de setembro de 2016

Livros que já li em minha vida (parte IV).

Quantos livros você já leu na sua vida?

Eu tenho catalogado. E aqui deixo em público em 100% todos os livros que li desde pequeno. 

Uma observação. Não está em ordem de leitura cronológica. A relação é muito variada.

1-)  O  fantasma no porão. (Elias José,  editora Melhoramentos).
2-) O porão mal-assombrado. (Teresa Noronha, editora Moderna ).
3-) Novas aventuras de Pedro Malasartes. (Hernani Donato,  editora Melhoramentos ).
4-) O mágico errado. (Luiz Galdino,  FTD editora).
5-) Palmares. (Luiz Galdino,  editora Ática).
6-) Natureza,  amor e poesia. (José Bruno Linhares).
7-) Amigos de verdade / como fazer e conservar grandes amizades. ( Ted W. Engstron e Robert C. Larson,  Editora Betânia).
8-) O rapto do garoto de ouro. (Marcos Rey, editora Ática ).
9-) Em carne viva. (Maria da Glória Cardia de Castro, editora Moderna,  coleção Veredas).
10-) Uma sombra em ação. (Flávia Muniz, Editora Moderna ).
11-) Um gosto de quero mais.  (Sônia Salerno Forjaz, FTD editora ).
12-) A vingança do Timão.  (Carlos Moraes, Editora Brasiliense ).
13-) Os barcos de papel. (José Maviael Monteiro, Ática ).
14-) O velho e o mar. (Ernest Hemingway, tradução de Fernando de Castro Mello, editora Civilização Brasileira).
15-) Capitães da areia. (Jorge Amado, editora Record).
16-) Suor. (Jorge Amado,  editora Record).
17-) Tieta do Agreste. (Jorge Amado, editora Record ).
18-) Moby Dick. (Herman Melville, recontado em português por Carlos Heitor Cony, Ediouro - Tecnoprint).
19-) O grande mentecapto. (Fernando Sabino, Record).
20-) Pai sem terno e gravata. (Cristina Agostinho, Moderna).
21-) A ilha perdida. (Maria José Dupré, Ática).
22-) Geopolítica da América Latina. (Moderna, Nelson Bacic Olic, coleção Polêmica).
23-) Vida de sapo. Aprendendo sobre anfíbios. (Cleide Morsoletto Tagliaferri, Moderna).
24-) A reforna da natureza. (Brasiliense, Monteiro Lobato)
25-) Este admirável mundo louco. (Salamandra, Ruth Rocha).
26-) Um jeito de viver. (FTD, coleção canto jovem, Angela Leite de Souza e desenhos de Regina Coeli Rennó).
27-) A sucuri. (Mary França / Eliardo França, Ática).
28-) O castelo aéreo do bruxo. (Ed. Edelbra).
29-) Chapeuzinho Vermelho. (Ed. Edelbra).
30-) O menino que tinha medo de tudo.(Melhoramentos, Tônio Carvalho / Guto Lins).
31-) Tuca, o tucano. (Editora do Brasil S/A, Lucília de Almeida Prado, ilustrações de Alice Góes).
32-) Silvino Silvério, o grande caçador. (FTD, Rogério Borges).
33-) A canetinha de ouro. (Edicon, Dinorha Santos Huran).
34-) Coragem de sonhar. (Maria Denorha, Moderna).
35-) Nó na garganta. (Mirna Pinsky, Brasiliense).
36-) O segredo do Vovô Coelhão. (Walt Disney, história contada por Jane Werner. Ilustrações dos Estúdios Walt Disney com adaptações de Dick Kelsey e Bill Justice. Texto em português de Lúcia Prado).
37-) O mistério do apartamento Sorriso. )de Pasqual Lourenço, Atual Editora).
38-) Vovó quer namorar. (Maria de Lourdes Krieger, desenhos de Márcia Cardeal, FTD).
39-) A árvore que dava dinheiro. (Editora Moderna, Domingos Pellegtoni).
40-) Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA - Lei 8.069, de 13 de julho de 1.990)
41-) Problemas da literatura infantil. (Cecília Meireles, Ed. Nova Fronteira)
42-) Na dúvida, ultrapasse. Orientação Vocacional (Coleção Humana - Um guia de profissões e de avaliação da personalidade, intersse, aptidões e valores com vistas à escolha profissional. / Beatriz Monteiro da Cunha / Mariana M. Xavier / Álvaro Vidigal.).
43-) Brasil: Anos 60. (Editora ática, José Geraldo Couto).
44-) A reforma protestante. (Editora Ática, Luiz dusMaria Veiga).
45-) Revolução Industrial. (editora Ática, Francisco M. P. Pereira).
46-) Um cadáver ouve rádio. (Editora Ática, Marcos Rey).
47-) Um certo capitão Rodrigo. (editora Globo, Érico Veríssimo).
48-) As melhores piadas do planeta...e da casseta também! (Editora Objetiva, Bussunda, Cláudio Manoel, Hélio de la Peña, Hubert, Reinaldo, Marcelo Madureira e Beto Silva, redação final).
49-) Elas liam romances policiais. (Ed. Brasiliense, coleção Jovens do mundo todo, Isa Silveira Leal).
50-) Recordações de agente secreto. (ed. Brasiliense, coleção Jovens do mundo todo, Maria de Lourdes Ramos Krieger Locks).
51-) O caso dos dez negrinhos. (Ágatha Christie; tradução Leonel Vallandro).
52-) Triste fim de Policarpo Quaresma. (Ed. Ática, Lima Barreto).
53-) O livro dos sentidos Cheirar. (FTD, texto de Ruth Rocha,  Walter Ono).
54-) O couraçado Potemkin. (Global Editora, Sergei M. Eisenstein).
55-) O livro dos Andes. (Fernando Carraro, Editora Ave-Maria).
56-) TDP -  Trabalho dirigido para Psicologia. (Saraiva, de Mário Parisi e ilustrações de Eugênio Colonnese).
57-) O caso do sabotador de Angra. (Stella Carr, ilustrações: Marcus Sant'anna, Livraria Pioneira Editora, SP).
58-) Vidas secas. (Graciliano Ramos, Record - 1.892 - 1953).
59-) O coração do homem. (All nations Gospel Publishers).
60-) Sombras de reis barbudos. ( José J. veiga, Difel - Difusão Editorial S.A)
61-) A pérola. (John Steinbeck, Editora Record).
62-) Memórias de um fusca. (Orígenes Lessa, ed. Ediouro / Grupo Ediouro / Ed. Tecnoprint S/A).
63-) Mistério? Misterioso amor. (Brasiliense, coleção Jovens do mundo todo, Odett de Barros Mott).
64-) Hipnotismo. (temáticas de diversos autores relacionados á hipnose. Ano de 1.926. Editora Pensamento Ltda. Registrado na Fundação Biblioteca Nacional sob número 3485).
65-) Hipnose (hipnoterapia). (Oldemar Nunes, Hemus Editora Ltda).
66-) Ajuda-te pela auto-hipnose. (Tradução de Waldeloyr Chagas de Oliveira / autores: Frank S. Caprio (autor de Ajuda-te pela Psiquiatria) e Joseph R. Berger / Best- Seller Importadora de Livros S/A).
67-) O poder da língua. ( Gary Haynes, editora Atos).
68-) João Simões continua. (Orígenes Lessa, editora Moderna).
69-) Meu tio matou um cara. (Guel Arraes e Jorge Furtado, contém o roteiro original do filme. L&PM Editora).
70-) O mistério do botão negro. (Odette de Barros Mott, editora Brasiliense.)
71-) A arte da guerra. (Sun Tzu. Editora Madras, tradução de Heloísa Sarzana Pugliesi e Mário Pugliesi - The Art of War).
72-) O poder do subconsciente. (Joseph Murph, Ed. Nova Era).
73-) O monge e o executivo.( James Hunter - tradução de Maria da Conceição Fornos de Magalhães / Editora Sextante GMT Editores Ltda).
74-) Memórias póstumas de Brás Cubas. (Machado de Assis Ed. Tipografia Nacional - atual Imprensa Nacional).
75-) A vida até parece uma festa - Toda a história dos Titãs. (Hérica Marmo e Luiz André Alzer, editora Record, 2002).
76-) Os irmãos Karamabloch - ascensão e queda de um império familiar. (Arnaldo Bloch - Cia das Letras).
77-) Amor fora-da-lei. (autora: Pat Warren - Harlequin Books).
78-) On the road (Pé na estada) - Jack Kerouac- L&PM - tradução de Eduardo Bueno).
79-) Manual do roteiro - ou Manuel, o primo pobre dos manuais de cinema e TV. (Leandro Saraiva e Newton Cannito - Conrad Editora).
80-) Primeiro traço - Manual descomplicado de roteiro. (Roberto Lupio Duarte Guimarães, editora Universidade Federal da bahia - EDUFRA).
81-) Manual do roteiro - Os fundamentos do texto cinematográfico. (SYD FIELD, editora Objetiva, traduçã de Álvaro Ramos).
82-) Você tem o poder de realizar. (Eugênio Sales Queiroz, editora Gente).
83-) Morte na lua de mel. (autora Jaden Skye - e-book baixado para celular no Play Livros do Google).

Pronto. De livros lidos catalogados de 1989 até hoje, 2016, foram 83 livros lidos. Pode parecer pouco para alguns ou muito para outros. Uma parte desse registro são de livros lidos mais de 4 vezes e fora um período que houve na minha vida em que fiquei tempos sem comprar.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Sugiro.

Pessoa querida...

O povo aqui não quer dar sugestão alguma. Querem simplesmente ficar em suas casas, terem um ótimo abono e reajuste salarial e claro, uma excelente participação nos resultados.

Quer que sugeramos o quê?

domingo, 11 de setembro de 2016

Coisas assim...

Dez de setembro de 2016. Clínica Fares.

Três tubos se sangue e foi tirado um cisto sebáceo na pele no lado esquerdo do peito. Só não deu pra fazer do pé (tirar calosidade de verruga lesionada no dedo do pé esquerdo ) porque o aparelho de cauterização química da clínica Fares quebrou. O ruim é que a academia está suspensa, segundo aconselhamento da médica Verisse Monteiro,  infelizmente. KKKKKK

Coisas assim...

terça-feira, 6 de setembro de 2016

Durou pouco.

Alegria de pobre dura pouco.

Vamos ao trabalho. Liberado para entrar. Bóra ganhar o pão.

Claro, enquanto me arrumo, fico escutando o disco Gente da gente do Negritude Junior no meu toca discos.

As megeras não vieram hoje.

Bom dia,  Blog do Marcinho.

Completando uma semana do ocorrido, hoje as duas megeras não vieram. Fiz a segunda aula de hidroginástica tranquilamente. Tudo ocorreu na mais profunda normalidade. Claro,  o início da segunda aula foi para mim meio receoso. Pensava que a qualquer momento elas poderiam vir. E eu a pensar: será que se elas vierem eu continuo ou saio da aula? Que bom tudo ter ocorrido bem.

Agora, para fechar a terça feira bem, mesmo sendo ainda de manhã, o sindicato dos bancários fecharam alguns prédios administrativos do banco. Greve. Consequentemente fico agora em casa aguardando instruções da chefia se trabalharemos hoje ou não.

É isso.